MATANDO A SUA SAUDADE - GRUPO DE AMIGOS

MATANDO A SUA SAUDADE - GRUPO DE AMIGOS
MATANDO A SUA SAUDADCE - GRUPO DE AMIGOS

RÁDIO PALESTINA FM 104,9

rádio palestina fm

terça-feira, 31 de julho de 2012

Site faz vídeo-paródia com Carlinhos Cachoeira, Denise Leitão Rocha e Andressa Mendonça




A campanha "Perdi meu amor na balada" ganhou repercussão na internet até se tornar evidente que se tratava de uma publicidade para um aparelho de celular, virar alvo do Procon e agora pode receber uma multa de até R$ 6,5 milhões.
  • Siga o Casal Bambam e Pedrita, criador do blog no twitter ou no Facebook
O Uol pegou o vídeo transformou em uma paródia da CPI.

Na nova versão, o personagem lamenta a perda de contato de uma das musas, que nos "flash´s" é a assessora parlamentar Denise Leitão Rocha. 

Também nesta edição, o amor toma conta da política. Cachoeira promete se casar com Andressa Mendonça, e o ditador da Coreia do Norte "desencalha" e encontra seu par.

Olha só:


BOMBA! JUSTIÇA INDEFERE CANDIDATURAS DE MONALISA E GARRAFÃO

Os registros de Garrafão e Monalisa foram analisados pelo juiz da 29ª Zona Eleitoral, André Britto.

    Nesta terça-feira (31), em Ibicaraí, o juiz da 29ª Zona Eleitoral, André Luiz Santos Britto, indeferiu o registro da candidatura da ex-prefeita Monalisa Tavares (PRP). Ele entendeu que a mesma é inelegível, já que quando prefeita (2005 e 2008), teve as contas de 2005 e 2008 rejeitadas pelo TCM e pela Câmara de Vereadores.
   “Dessa forma, revogado o provimento jurisdicional que havia suspendido os efeitos da rejeição das contas, com reconhecimento expresso de atuação temerária e de má-fé, constitui conclusão inafastável a de que a candidata volta ao seu estado original de inelegível.”, declarou o Juiz.
  André Luiz também citou e criticou a postura de Monalisa Tavares, que tentou burlar às normas processuais para conseguir anular a rejeição de suas contas:
   “Por fim, outra questão relevante para o deslinde do caso diz respeito à forma como a candidata conseguiu obter o provimento jurisdicional, atuando em nítida burla às normas processuais ao repetir em outro juízo ação em curso nesta Comarca, colocando no polo passivo parte manifestamente ilegítima (Estado da Bahia), agindo, pois, de modo temerário e com abuso de direito, tanto é que foi punida pelo Des. Relator com a pena de litigância de má-fé, não podendo se beneficiar de sua própria torpeza.”
   Na sua decisão, o juiz decidiu que o vice na chapa, Lula Brandão (PRP), está apto para disputar a eleição. Com isso existe a possibilidade dele ser o substituto de Monalisa.

Garrafão

    Em Floresta Azul o candidato a prefeito Garrafão (PSB), teve também seu registro de candidatura indeferido pelo juiz da 29ª Zona Eleitoral, André Luiz Santos Britto.
    O magistrado entendeu que Garrafão está inelegível, em razão da rejeição de suas contas relativas aos exercícios de 2005, 2007 e 2008.
“inelegível para as eleições que se realizarão no dia 7 de outubro de 2012 e para aquelas que se realizarem nos 8 (oito) anos seguintes, contados a partir da decisão do TCM que rejeitou suas contas”.
    Na decisão o vice na chapa, Nei (PSB), foi considerado apto e poderá ser o substituto. Mas provavelmente Garrafão vai recorrer. Com essa decisão a prefeita e candidata a reeleição Sandra Cardoso (DEM), tem motivos para comemorar.

Confira abaixo:
   
CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA
Fonte: DivulgaCand
CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA
Fonte: DivulgaCand


Vídeo: Aryane Steinkopf protagoniza cenas quentes com cantor angolano

A loira ainda aparece de topless em uma das cenas do novo clipe de Adi Cudz. Veja uma prévia.

ego 31/07/2012 10:09 
 
 
 
 Aryane Steinkopf passou a última semana em Portugal gravando o novo clipe do cantor Adi Cudz.
Em uma prévia do vídeo, a loira aparece em cenas de flertes com o cantor, que vai esquentando até ela aparecer de topless em uma praia paradisíaca.
Nas fotos do making of, Aryane mostrou que, apesar de ter deixado de ser panicat, continua cuidado do corpão.
Aryane Steinkopf no clipe do cantor Adi Cudz (Foto: YouTube / Reprodução) 
Aryane Steinkopf no clipe do cantor Adi Cudz (Foto: YouTube / Reprodução)
Aryane Steinkopf no clipe do cantor Adi Cudz (Foto: YouTube / Reprodução) 
Aryane Steinkopf no clipe do cantor Adi Cudz (Foto: YouTube / Reprodução)
Aryane Steinkopf no clipe do cantor Adi Cudz (Foto: Divulgação) 
Aryane Steinkopf no clipe do cantor Adi Cudz (Foto: Divulgação)
Aryane Steinkopf no clipe do cantor Adi Cudz (Foto: Divulgação) 
Aryane Steinkopf no clipe do cantor Adi Cudz (Foto: Divulgação)
Aryane Steinkopf no clipe do cantor Adi Cudz (Foto: Divulgação) 
Aryane Steinkopf no clipe do cantor Adi Cudz (Foto: Divulgação)
 
 
Video:
 
 
 
 

Cantor Léo Santana assume usar 'hormônio masculino'


yahoo.com 31/07/2012 10:32 

 

O cantor Léo Santana contou com exclusividade ao jornalista Léo Dias que utiliza hormônio masculino para ficar mais forte, e inclusive recomenda o uso.
O cantor de mais de 2 metros de altura e que atualmente pesa 115kg disse que antes da fama pesava 70Kg.
O moço ainda afirmou que no passado jamais pensaria que conseguiria ficar com alguém como Nicole Bahls.
Na minha terra, 'hormônio masculino' é anabolizante!



Divulgação / Fred Pontes/'
 

Gretchen desdenha de suas músicas, e criador não as libera para Vivi

Fabiola Reipert / r7 31/07/2012 11:20 

 

 

Gretchen está louca para lançar Viviane Araujo cantando as músicas que ela sempre interpretou.
Porém, Mister Sam, criador das músicas e grande responsável pelo sucesso de Gretchen nos anos 70 e 80, disse ao blog que não vai deixá-la fazer isso.
— As músicas são minhas. Não libero. Não liberei nem para a Gaby Amarantos. Se gravarem sem a minha autorização, mando recolher os discos.
A Viviane nem sabe cantar. E a Gretchen fui eu que ensinei a cantar. Eu que inventei a Gretchen. Fui eu que criei tudo. Ela não é dona de nada.
E ele não parou por aí.
— É ridículo isso que ela quer fazer. Eu morri de rir quando ela falou na Fazenda: "Vou deixar meu legado para ela". Até parece que a Gretchen quer dar as músicas para a Viviane. Ela quer ser empresária dela, ganhar dinheiro. E quer saber de uma coisa? A Viviane vai ganhar os R$ 2 milhões e vai dar um pé na bunda da Gretchen... Quer apostar?
mistersam ladylu r7 Criador da Gretchen diz que não vai liberar músicas para Viviane Araujo
Mister Sam e Lady Lu durante bate-papo no R7

Mister Sam afirmou também que ficou bastante irritado ao ver Gretchen desdenhar, em A Fazenda, das músicas que sempre cantou (e ainda canta).
— Ela falou que não gosta das músicas. E se negou a cantar no programa o Melô do Piripiri. Mas vive fazendo shows em boates do Brasil, cantando isso. Ela vai ter que cantar até morrer. Se ela não cantar as minhas músicas, o público não vai reconhecer a Gretchen.
Mister Sam recebe direitos autorais de cada show oficial que Gretchen faz e canta as suas músicas.
Ele disse que se for para dar esses direitos para alguém será para Lady Lu, cantora que ele também lançou e cuida da carreira há anos.
— Quando eu morrer, deixo tudo para a Lady Lu.
Xi...
 
 

Nada de Luma! Mocidade quer Pitty como rainha de bateria


Roqueira é preferida da escola, que descartou interesse na musa de outros carnavais

r7 31/07/2012 12:35 
 


A Mocidade Independente de Padre Miguel pretende inovar no Carnaval 2013.
A agremiação carioca quer a cantora Pitty como sua rainha de bateria.
Como o samba-enredo da escola é o festival Rock In Rio, nada mais justo do que levar uma roqueira para a avenida.
A informação é da coluna de Leo Dias, do jornal O Dia, desta terça-feira (31).
A assessoria da Mocidade Independente negou ainda que tenha interesse em colocar Luma de Oliveira no posto.
Pitty
Pitty é cotada para ser rainha de bateria da Mocidade Independente de Padre Miguel
 

Scheila Carvalho e Carla Perez 'seguram o tchan'

Ex-dançarinas do grupo de axé se apresentaram durante show do Harmonia do Samba na madrugada desta terça-feira, 31.

ego 31/07/2012 13:13 
 
 
Scheila Carvalho, Carla Perez, Jacaré e Renatinho da Bahia relembraram a época que faziam parte do É o Tchan durante o show do Harmonia do Samba na madrugada desta terça-feira, 31, em uma casa de espetáculos na Zona Oeste do Rio.
Usando um shortinho curto e uma blusa sem manga, Scheila exibiu pernas saradas e braços musculosos.
Já Carla deixou de lado os looks ousados e optou por uma calça comportada. "Adorei relembrar os bons e velhos tempos!", escreveu Scheila em sua página no Twitter.
Carla Perez, Jacaré e Scheila Carvalho em show no Rio (Foto: Fred Pontes/ Divulgação) 
Carla Perez, Jacaré e Scheila Carvalho em show no Rio

Carla Perez, Jacaré e Scheila Carvalho em show no Rio (Foto: Fred Pontes/ Divulgação) 
Carla Perez, Jacaré e Scheila Carvalho

Carla Perez, Jacaré e Scheila Carvalho em show no Rio (Foto: Fred Pontes/ Divulgação) 
Carla Perez, Jacaré e Scheila Carvalho

Scheila Carvalho em show no Rio (Foto: Fred Pontes/ Divulgação) 
Scheila Carvalho

Renatinho da Bahia e Scheila Carvalho em show no Rio (Foto: Fred Pontes/ Divulgação) 
Renatinho da Bahia e Scheila Carvalho

Renatinho da Bahia, Carla Perez, Jacaré, Scheila Carvalho e Xanddy em show no Rio (Foto: Fred Pontes/ Divulgação) 
Renatinho da Bahia, Carla Perez, Jacaré, Scheila Carvalho e Xanddy em show no Rio
Scheila Carvalho e Carla Perez em show do Harmonia do Samba no Rio (Foto: Fred Pontes/ Divulgação) 
Scheila Carvalho e Carla Perez em show do Harmonia do Samba
 
 

Escritor paranaense lança livro polêmico sobre Fernando Collor


Livro é classificado como registro histórico, tem 276 páginas e relata toda a trajetória política do senador

Assessoria 31/07/2012 14:30 
 
 
Foto: AE
Fernando Collor, presidente que sofreu impeachment, hoje é senador por Alagoas
Fernando Collor, presidente que sofreu impeachment, hoje é senador por Alagoas
O escritor Bruno Marcos Radunz, presidente da Academia de Letras de Toledo (ALT), no Paraná, lança no dia três de agosto o livro "Fernando Collor de Mello, o Mito", a obra mais polêmica do autor, abordando a carreira política do hoje senador alagoano, especialmente no período de 1989 a 1992, entre a sua eleição a presidente da República, até o impeachment, dois anos após a posse.

Conforme Bruno, o livro é classificado como registro histórico, tem 276 páginas e relata toda a trajetória política de Collor, desde sua atuação como prefeito de Maceió, depois governador do Estado e a ascensão à presidência da República, derrotando lideranças do porte de Leonel Brizola e Luiz Inácio Lula da Silva.


Prossegue recordando a queda de Collor, formalizada através de renúncia, o que não impediu a votação e aprovação de impeachment pelo Congresso Nacional, os anos de ostracismo que se seguiram e seu retorno á vida pública como senador da República.     


“Tenho orgulho de haver escrito o livro que reúne detalhes da vida política de Fernando Collor. Na realidade, mesmo se tratando de político polêmico, é a única obra que enxerga e transmite de forma positiva o que ficou de bom de sua passagem pela política nacional”, afirma Bruno.


“Tenho certeza que agradará aos que eram favoráveis a ele e trará uma explicação plausível aos demais que apoiaram o processo de seu impeachment. Acho que todos que lerem, aprovarão o conteúdo”, argumenta o autor.


Bruno conta haver recebido telefonema do deputado federal Dilceu Sperafico, ao qual solicitou contato com o personagem do livro, informando sobre encontro com o senador Collor, que demonstrou surpresa com a qualidade da obra, agradeceu pelo trabalho e informou que em breve programará data para o lançamento da publicação em Brasília.


Conforme Bruno, o deputado Sperafico tem sido um dos grandes apoiadores de sua atividade literária, juntamente com o prefeito José Carlos Schiavinato, os empresários Amélio Dezem, Beto Niedermeyer, Zico Cardoso, Edson Carollo, Roberto Bombardelli, Clóvis Polachini, Omero Bordin e Carlos Dulaba, Adelar Holsbach e empresas como a Gráfica Líder, de Marechal Cândido Rondon, outras pessoas que sempre estiveram ao seu lado nessas jornadas e a imprensa, que sempre deu cobertura aos seus eventos.

 
 

'Achava impossível mudar', diz ex-travesti que hoje é pastor em MT

Para Joide Miranda, homossexualidade pode ser 'desaprendida'

G1 31/07/2012 14:54 
 
 
Foto: Arquivo pessoal
Joide retirou silicone dos seios e dos quadris após a conversão 
 
Acompanhado da mulher e do filho de 1 ano, o pastor evangélico Joide Miranda, de 47 anos, que até os 26 era travesti, afirma que é possível deixar de ser homossexual. A partir de sua experiência pessoal, ele decidiu ajudar quem quer voltar a ser hétero, por meio da Associação Brasileira de ex-Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABexLGBTTs). "A homossexualidade é um vício que, muitas vezes, vem desde a infância. Achava que era impossível mudar, mas é uma conduta que pode ser desaprendida", diz o pastor.
O trabalho da associação vai contra a posição do Conselho Federal de Psicologia (CFP), que orienta profissionais da área a não colaborar com serviços que ofereçam tratamento e cura para homossexualidade e não reforçem preconceitos sociais já existentes em relação ao tema.
Joide Miranda, que aos 14 anos assumiu a homossexualidade e agora se diz "completamente restaurado", pontua que o trabalho que desenvolve busca a cura e a mudança a partir da espiritualidade e da experiência de vida dele, embora avalie que a psicologia seria importante nesse processo. "Aqueles que querem deixar o estado da homossexualidade dizem que me veêm como referência", afirma o pastor, que depois da mudança retirou as próteses de silicone dos seios e o silicone industrializado dos quadris.
Ele explica que a entidade, que foi regulamentada em novembro do ano passado, dá suporte emocional a pessoas de vários lugares, inclusive do Japão, Espanha e França. Até hoje, segundo ele, mais de 500 homossexuais o procuraram. O pastor diz que os maiores motivos alegados para querer deixar a homossexualidade são a solidão e a insatisfação. "Fazemos acompanhamento por telefone, mas pretendemos abrir uma casa de apoio, uma espécie de albergue, para podermos auxiliá-los melhor", conta o pastor, que mora em Cuiabá com a família.
Um dos pilares da associação, segundo ele, é a estruturação familiar. Para o pastor, a desordem familiar tem grande parcela de responsabilidade nos casos de homossexualidade. Ele diz alertar os pais durante as palestras que ministra para que se atentem sobre o comportamento dos filhos, de modo que atuem de forma preventiva. "Um dos maiores fatores que contribuem para a homossexualidade são os abusos sexuais e a ausência de limites para as crianças", enfatiza, ao relatar que, aos 6 anos, foi abusado por um vizinho.
Joide morou em vários países, entre eles na França. (Foto: Arquivo pessoal)Joide morou em vários países, entre eles na França
(Foto: Arquivo pessoal)
Além dos próprios homossexuais, Joide diz receber inúmeros telefonemas de mães que não concordam com a orientação sexual dos filhos. Ele diz que muitas delas pedem para conversar com a mãe dele, que, após muita insistência, conseguiu fazer com que ele fosse para a igreja. Antes disso, o ex-travesti morou em vários países, entre eles Itália e França, onde se prostituía.
Ele cita dois casos de ex-gays que teriam se tornado heterossexuais depois de receberem acompanhamento através da associação. Um deles na França, que morava com outro homem e hoje já está casado com uma mulher.
Outro é o caso de um ex-travesti do Maranhão, que colocou silicone até nos lábios e agora é missionário de uma igreja evangélica. "Quando a pessoa resolve mudar, o interior está todo bagunçado e demora algum tempo para mudar completamente, inclusive os trejeitos femininos", explica.
Joide se casou, mas diz que casamento não pode servir de fuga. (Foto: Arquivo pessoal)Joide se casou, mas diz que casamento não pode
servir de fuga. (Foto: Arquivo pessoal)
Casamento
No caso de Joide, a mulher Édna, que hoje o acompanha nas palestras em que dá o seu testemunho, foi quem o ajudou. "Falava para ele que não era para colocar a mão na cintura, nem cruzar as pernas como mulher", disse. Ela, no entanto, faz questão de enfatizar que se casou com um heterossexual e que nunca duvidou da mudança do marido. "Antes achava que gay era sempre gay, mas depois que o conheci mudei esse conceito. Não me importo em falar sobre o passado dele, pois falo de alguém que não existe mais", afirma.
Casada há 14 anos com Joide, Édna conta que os dois eram empresários e deixaram os negócios para ajudar as pessoas que pretendem deixar de ser homossexuais. "Só fazemos isso para que a nossa história possa ajudar outras pessoas". Ela conta que no início do relacionamento enfrentou certo preconceito por parte daqueles que não acreditavam na mudança de Joide.
No entanto, os dois afirmaram que o casamento não pode servir como uma "fuga". Antes de conhecer a mulher, o pastor disse não ter sentido atração por nenhuma outra pessoa do sexo oposto. "Tive tudo que um travesti sonha, como glamour e dinheiro, mas não era feliz. Sentia um vazio muito grande dentro de mim. Era uma vida de hipocrisia", recorda Joide, ao se dizer realizado hoje com a mulher e o filho, que foi adotado porque Édna não conseguia engravidar.
Na visão dele, a homossexualidade está na mente e, por isso, pode ser restaurada."Depois que fui abusado sexualmente, tive a minha heterossexualidade violada", afirma. Ele disse ainda que, quando foi molestado pelo vizinho, teve medo de contar para a família, principalmente ao pai, que era alcoólatra.


 

Dona de um corpão, Mulher Melão diz: 'Faço lipo como quem faz unha'


Bárbara Machado, chefe da equipe médica da Clínica Ivo Pitanguy, explica os perigos por trás do depoimento da moça

globo.com 31/07/2012 15:09 
 
 
Está feliz com seu corpo? Com tudo em cima? O próximo Na Moral vai discutir a relação que nós – homens e mulheres – temos com o corpo. E quem melhor que Renata Frisson, considerada uma das mulheres mais gostosas do Brasil, para falar sobre o assunto?
Embora ela jure que esteja satisfeita com o físico, a Mulher Melão faz declaração bem polêmica: ‘Faço lipoaspiração como quem faz unha’.
A funkeira vai participar do concurso “Garota Na Moral” e enfrentará fortes concorrentes: a Garota Fitness SP Nathália Santoro e a top model Katy Carolla. Quem será que leva a melhor? O corpo com formas exuberantes, o sarado ou o magrinho?
Ainda no programa, Bárbara Machado, chefe da equipe médica da Clínica Ivo Pitanguy, explica os perigos por trás do depoimento de Renata Frisson. Não perca! O programa vai ao ar quinta-feira logo após Gabriela.
Mulher Melão se produzindo para gravação (Foto: Na Moral/TV Globo) 
Mulher Melão se produzindo para gravação (Foto: Na Moral/TV Globo)

mulher-melao-sensual-na-praia



Mulher de Cachoeira paga fiança de R$ 100 mil e está livre


Andressa Mendonça é acusada de tentar chantagear juiz da operação Monte Carlo

G1 31/07/2012 16:17 
 
 
Foto: Reprodução/TV Anhanguera
Andressa Mendonça na sede da Polícia Federal 
 
 
A empresária Andressa Mendonça, mulher do bicheiro Carlos Augusto de Almeida Ramos , o Carlinhos Cachoeira, pagou, nesta terça-feira (31), a fiança de R$ 100 mil, uma das medidas estipuladas pela Justiça Federal para que sua prisão preventiva não seja decretada. O delegado federal Sandro Paes Sandre informou ao G1que o depósito foi feito no final da manhã em uma conta vinculada ao inquérito no Ministério Público Federal que investiga Andressa por corrupção ativa. Ela também é investigada por lavagem de dinheiro.
“Entrei em contato com a Justiça Federal e confirmei agora à tarde que o depósito foi feito. O dinheiro irá ficar em uma conta vinculada ao processo que corre junto à 5ª Vara. A quantia fica nessa conta até o fim do processo", explicou Sandre, em entrevista ao G1 nesta tarde. Conduzida por ele, Andressa Mendonça passou três horas na sede da Polícia Federal (PF), em Goiânia, na manhã de segunda-feira (30), prestando esclarecimentos sobre a suposta chantagem que teria feito ao juiz federal Alderico Rocha Santos, na quinta-feira (26).
O magistrado é responsável pelo processo referente à Operação Monte Carlo, que culminou na prisão de Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, marido da suspeita. A audiência que ouviu os réus da Operação aconteceu na semana passada, em Goiânia.
O motivo suposta chantagem seria obter decisão favorável a Cachoeira na ação penal referente à Monte Carlo. Agora, Andressa está proibida de visitar o marido no Presídio da Papuda, em Brasília, e de se comunicar com os outros réus da Operação Monte Carlo.
Acareação
A PF poderá fazer nos próximos dias uma acareação entre a mulher de Cachoeira e o juiz federal Alderico Rocha. “Esse levantamento social seria exposto à imprensa, caso o magistrado não revogasse a prisão do senhor Carlos Augusto de Almeida Ramos ou não antecipasse o julgamento para absolvê-lo. O juiz federal disse que não tinha nada a temer e que ela poderia fazer aquilo que bem desejasse”, contou procurador da República Daniel Rezende Salgado.
Durante o encontro com o juiz, Andressa Mendonça teria escrito em um pedaço de papel o nome de três conhecidos do magistrado. Ela teria dito que o dossiê envolveria o juiz e essas pessoas. A caligrafia do bilhete vai ser analisada para ver se a letra é mesmo da mulher de Cachoeira. Ela passou a ser investigada pela PF por dois crimes: lavagem de dinheiro e por tentar chantagear o juiz federal.
Alderico Rocha Santos é o segundo juiz do caso. O primeiro, Paulo Moreira Lima, responsável pela prisão de Cachoeira, pediu para sair do processo, alegando que estava sendo ameaçado. 
A Associação dos Juízes Federais do Brasil emitiu uma nota de apoio ao juiz Alderico Rocha Santos. A nota diz que a atitude do juiz demonstra transparência e que a ação de Andressa não vai interferir na condução do processo contra Cachoeira.
 
 

Assista ao trailer legendado do último filme de James Bond, '007 - Operação Skyfall'

uol 31/07/2012 16:33 

 

 
 
 
Trailer legendado de "007 - Operação Skyfall" (Skyfall, EUA, 2012), dirigido por Sam Mendes.
No novo filme do agente 007, a lealdade de James Bond a M é testada quando seu passado volta para assustá-la.
Com o MI6 sob ataque, 007 deve rastrear e destruir a ameaça.
Com Daniel Craig, Ralph Fiennes, Judi Dench e Javier Bardem, dentre outros.
Estreia prevista para 2 de novembro.
Veja:



 

Phelps vence no revezamento e é maior medalhista em Olimpíadas

Americano de 27 anos soma 19 medalhas (15 ouros, 2 pratas e 2 bronzes), ultrapassando a ginasta soviética Larisa Tatynina

Folha Online 31/07/2012 17:28 
 
 
Foto: Reuters
Ao fechar com vitória os 4x200m livre, Phelps chegou a sua 19ª medalha olímpica
Ao fechar com vitória os 4x200m livre, Phelps chegou a sua 19ª medalha olímpica
Somente cerca de uma hora após ser derrotado pelo sul-africano Chad Le Clos nos 200 m borboleta, o norte-americano Michael Phelps se recuperou, voltou à piscina e entrou definitivamente para a história da Olimpíada.
Ele fechou o revezamento 4x200 m livre dos Estados Unidos, que venceu com folga as equipes da França e da China, e se tornou o atleta com mais medalhas olímpicas desde sempre. Além disso, ganhou finalmente o seu primeiro título em Londres.
Aos 27 anos, agora soma 19 medalhas (15 ouros, 2 pratas e 2 bronzes), ultrapassando o recorde anterior da ginasta soviética Larisa Tatynina.
E ainda tem mais três provas para competir em território britânico. 
Em Pequim-2008, Phelps estabeleceu o recorde de medalhas de ouro numa única Olimpíada: oito. Em Atenas-2004, ele ganhou seis ouros e dois bronzes. Em Londres-2012, já havia faturado a prata no revezamento 4x100 m medley antes de repetir a segunda colocação nos 200 m borboleta.
Tatinina colecionou nove ouros, cinco pratas e quatro bronzes nas edições de Melbourne-1956, Roma-1960 e Tóquio-1964. 
 
 

Universitários são presos acusados de 50 sequestros em São Paulo

Polícia anunciou ter identificado 16 integrantes de quadrilha; sete já foram detidos

iG 31/07/2012 18:02 
 
 
Foto: Ilustração
 
 
 
A Polícia Civil de São Paulo anunciou nesta segunda-feira (30) que identificou 16 integrantes e prendeu sete suspeitos de formar uma quadrilha suspeita de cometer de 40 a 50 sequestros relâmpagos na região do Brooklin, Vila Olímpia, Moema e Campo Belo, bairros da zona sul de São Paulo.
Segundo a polícia, a identificação dos criminosos ocorreu após a prisão de B.R.G.J., de 19 anos, no dia 11 de abril. O jovem é suspeito de envolvimento em pelo menos 19 casos. De acordo com o delegado titular do 96º DP, Eduardo Camargo Lima, o homem cometia os crimes para desfrutar do dinheiro com roupas de marca e em casas noturnas. 
Ainda segundo o delegado, pelo menos quatro estão matriculados em universidades tradicionais da capital, em cursos como Administração de Empresas e Engenharia. Também tinham um padrão de vida de classe média. Na maioria dos casos, os pais pagavam a faculdade e alguns deles tinham carros novos.
A polícia informou que após a prisão de B.R.G.J., os sequestros relâmpago caíram consideravelmente na região. O delegado acredita que, com medo, a quadrilha tenha parado de agir para não chamar mais a atenção. Mas tempo depois, os criminosos voltaram a praticar os crimes na região. Com isso, a Polícia Civil avançou ainda mais nas investigações e depois de analisar imagens e ouvir vítimas e testemunhas, conseguiu relacionar o jovem presos a outros 15 suspeitos.
A quadrilha foi identificada e todos os suspeitos estão com pedidos de prisão temporária representados pela Polícia Civil. Sete deles já foram presos. A última prisão aconteceu na manhã desta segunda-feira (30), na casa de um dos integrantes do grupo, no Parque Arariba, zona sul.
De acordo com o delegado 96º DP, alguns dos envolvidos confessaram o crime e parte da quadrilha foi reconhecida pelas vítimas. A prisão preventiva de B.R.G.J. foi decretada. O jovem, julgado na sexta-feira (27), foi condenado a 9 anos de prisão.
 
 

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Em clima de concorrência, bailarinas do Faustão travam guerra de egos

Fabiola Reipert / r7 30/07/2012 09:47 

 

 
 


Está o maior climão de ciumeira nos bastidores do Domingão do Faustão.
A mulherada que aparece no programa está quase se comendo viva.
Uma quer se destacar mais que a outra.
É um ego maior que o outro.  Quase maior que o do Faustão...
Carol Nakamura e Aline Riscado posaram recentemente na Playboy (sonho de consumo de todas essas moças).
Isso já criou um clima de concorrência entre as duas.
Agora a bailarina Carla Prata foi nomeada rainha de bateria da Grande Rio.
Como será que as colegas viram isso? Tomara que ninguém fure o olho dela, né, tadinha.



Com parte dos bens bloqueados, Deborah Secco tenta vender apartamento de R$ 1,6 milhão

Há mais de dois anos com parte dos bens bloqueados, atriz tenta há um ano vender seu imóvel no Rio

yahoo.com 30/07/2012 10:18 
 
 
 
 
 
Há mais de dois anos com parte de seus bens bloqueados pela Justiça, a atriz Deborah Secco tenta há um ano vender seu apartamento no Rio de Janeiro e não consegue, contou o jornal "Extra" de sábado (28).
Enquanto não consegue o desbloqueio de R$ 967 mil e de alguns bens, Deborah tenta vender seu apartamento no bairro do Recreio, avaliado em R$ 1,6 milhão.  O imóvel, que tem vista para o mar, está à venda há mais de um ano.
A atriz, ao lado de sua mãe, Sílvia, e seus irmãos, Barbara e Ricardo, está sendo investigada por estar supostamente envolvida em um caso de enriquecimento ilícito usando dinheiro público. O Ministério Público acredita que a família pode ter obtido mais de R$ 1 milhão ilegalmente.
Tudo começou quando o Sindicato dos Enfermeiros entrou com uma representação, questionando a contratação de profissionais pela Fundação Escola do Serviço Público (Fesp). Descobriu-se, então, um esquema de fraude feito pelo órgão, que subcontratava ONGs, sem especificar o valor dos serviços contratados. O problema é que Ricardo Tindó Ribeiro Secco, pai da atriz, é quem representava os interesses dessas ONGs junto ao governo estadual.
 
Deborah Secco está sendo investigada em um caso de desvio de dinheiro público
(Foto: AgNews)
 
 

Ao STF, defesa de José Dirceu dirá que Roberto Jefferson ‘inventou’ mensalão


Com estratégia de negar existência de esquema de compra de apoio parlamentar, advogado do ex-ministro alega que nenhuma testemunha confirma acusações

Estadão 30/07/2012 10:56 
 
 
Foto: AE
Denúncia de Roberto Jefferson levou à renúncia de Dirceu 
 
 
A defesa de José Dirceu de Oliveira e Silva, personagem central do mensalão, vai sustentar na tribuna do Supremo Tribunal Federal (STF) que "a história foi montada por Roberto Jefferson" e que o esquema de compra de apoio parlamentar "não existiu".
A apenas três dias do início do julgamento, José Luís Oliveira Lima, criminalista, defensor do ex-ministro, mira Roberto Jefferson, ex-deputado do PTB, autor da denúncia que levou à cassação de Dirceu.
A Procuradoria-Geral da República classifica o ex-chefe da Casa Civil no governo Lula de principal articulador da engrenagem do mensalão, "sofisticada organização criminosa".
Oliveira Lima não perde a serenidade quando indagado sobre o desafio que o espera. As próximas horas ele passará debruçado, como já o fez no fim de semana, sobre os autos da ação penal 470. Aqui e ali, rastreia atalhos para fustigar a denúncia do Ministério Público Federal, que formalmente atribui a Dirceu formação de quadrilha e corrupção ativa.
"Foram mais de 500 depoimentos, nenhuma testemunha confirma as acusações levantadas por Roberto Jefferson", assinala o advogado, que desembarca em Brasília na quarta-feira para sua missão mais delicada.
Em alegações finais, Oliveira Lima rechaçou o libelo da procuradoria contra seu cliente. "Derrubando cada um dos indícios brandidos pela denúncia, a prova judicial assegurou que José Dirceu se dedicava exclusivamente ao governo, não comandava os atos dos dirigentes do PT, não tinha controle nem ciência das atividades de Delúbio Soares, não decidia nomeações e não mantinha vínculo com Marcos Valério."
Nesse documento, da página 113 e até a 144, um capítulo só para golpear Jefferson. "As contradições e as inconsistências nas manifestações de Roberto Jefferson sobre a imaginada compra de votos são incontáveis e se agravam ainda mais quando se referem à suposta participação de José Dirceu. Provou-se nesta ação penal que Roberto Jefferson estava acuado e no foco de investigações no exato momento em que formulou a acusação de compra de votos."
Na sexta-feira, dia 3, os ministros do Supremo e o País vão ouvir o criminalista em sua manifestação na Corte. A ele caberá a primeira da longa série de sustentações orais. Dele e de seus argumentos depende o destino de José Dirceu.
Assusta-o a grande expectativa em torno do julgamento?
De maneira nenhuma. Os ministros do STF são os mais competentes e experientes magistrados do País.

A pressão política o intimida?
Não, julgamento no STF é técnico.




Gata do Paulistão faz foto nua para mostrar novas próteses de silicone

Lorena Bueri se inspirou em Lady Gaga para fazer pose.

ego 30/07/2012 11:50 
 
 
Depois de trocar as próteses de 275ml pelas de 500ml, Lorena Bueri, conhecida como a Gata do Paulistão, fez fotos para mostrar o resultado da cirurgia.

A morena fez pose em uma poltrona e diz que a inspiração é na cantora Lady Gaga, que posou só de calcinha para uma campanha de perfumes.

Lorena Bueri (Foto: Divulgação) 

Lorena Bueri (Foto: Divulgação)



Lorena Bueri (Foto: Divulgação) 

Lorena Bueri (Foto: Divulgação)

Sthefany Brito arranja namorado pela internet

Mesmo após a separação de Alexandre Pato, ela sonha se casar de novo

r7 30/07/2012 12:55 
 
 
 
 
Sthefany Brito conta que viveu um conto de fadas moderno quando conheceu seu namorado, o empresário Igor Raschkovsky.

A atriz diz que ele a viu em um restaurante no Rio de Janeiro, em 2010, mas o funcionário do estabelecimento o impediu de abordar a bela. 


Obstinado, o rapaz procurou
Sthefany no Facebook e os dois passaram a conversar pela internet.

Em entrevista à revista IstoÉ Gente, ela conta que eles marcaram um encontro em São Paulo e no dia seguinte já recebia flores do rapaz em seu apartamento.

— Não entendia como ele tinha meu endereço se eu nunca havia dado. É um príncipe moderno, que veio via Facebook. E que adora me fazer surpresas.

A paixão é tanta que Stefhany já pensa em se casar novamente. 


A experiência com o jogador de futebol Alexandre Pato ficou no passado. Os dois foram casados por apenas nove meses, após dois anos de namoro. 


A separação foi parar no noticiário e na
Justiça, mas Sthefany diz que não se arrepende de nada, e que só mantém as coisas boas.

— Separação é sempre uma coisa triste, mas é natural quando seu coração volta a bater de novo e você encontra o amor verdadeiro, em todos os sentidos, é normal pensar em casar, ter filhos e ficar velhinhos juntos. Não sei se será de véu e grinalda ou se vou só morar junto, mas acredito sempre no amor.

stefhanyunamorado-tl
Marcus Pavão/AgNews
Sthefany Brito diz que o namorado, Igor Raschkovsky, é um príncipe moderno
 

 

Príncipe William vai ser pai, garante membro do parlamento inglês

Kate Middleton pode estar esperando o primeiro filho do casal

fuxico 30/07/2012 14:12 
 
 
 
 
 
Kate Middleton, a Duquesa de Cambridge e mulher do Príncipe William, pode estar grávida do primeiro filho do casal. Foi isso o que deixou entender Claire Perry, membro do Parlamento Britânico.
Perry causou a especulação sobre uma possível gravidez durante um debate sobre o impacto dos Jogos Olímpicos na economia britânica, realizado no Marlborough College, e diante de uma audiência de mais de 250 pessoas, naquela que foi a escola onde Kate estudou.
A observadora real Ingrid Seward acredita que Claire cometeu uma gafe durante seu discurso:
"As declarações de Perry sobre a Duquesa são verdadeiramente infelizes e não ajudam em nada, já que não dispõe de informação privilegiada, e historicamente sempre houve especulação sobre essas coisas, e ninguém pode impedir as pessoas de falarem o que querem".
De acordo com o jornal Daily Mirror, os porta-vozes de William e Kate optaram por não fazer qualquer comentário, e recusaram emitir um comunicado sobre as declarações de Claire Perry.