MATANDO A SUA SAUDADE - GRUPO DE AMIGOS

MATANDO A SUA SAUDADE - GRUPO DE AMIGOS
MATANDO A SUA SAUDADCE - GRUPO DE AMIGOS

RÁDIO PALESTINA FM 104,9

rádio palestina fm

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Maior cola da história da Harvard envolve 125 alunos


Quase metade dos estudantes de uma turma de 250 são investigados por troca de respostas

EFE 31/08/2012 18:40 
 
Foto: Gettyimages
Campus da Universidade de Harvard em Cambridge

A Universidade de Harvard está investigando 125 estudantes acusados de copiar uma prova, o que faz com que o caso se torne o mais escandaloso da história recente do prestigiado centro acadêmico, informou nesta quinta-feira o jornal "Boston Globe". "Quase metade dos estudantes de uma turma com mais de 250 são suspeitos de copiar, de maneira conjunta, e de trocar respostas da prova", disse Jay Harris, decano de Harvard.
Segundo explicou Harris, vários grupos de estudantes teriam trabalhado em conjunto para responder às perguntas, violando a política do exame. Embora pareça que nenhum estudante copiou as respostas de fontes externas, alguns deles plagiaram o trabalho dos companheiros de classe. Algumas respostas eram idênticas ou muito parecidas.
Em maio, um aluno da turma em questão notou semelhança nas provas e alertou um professor, que transmitiu a mensagem ao Conselho de Administração da universidade, órgão encarregado de supervisionar o comportamento dos estudantes. Os alunos cujos exames foram assinalados como "problemáticos", quase 2% dos 6.700 estudantes da universidade, receberam notificações para comparecerem ao Conselho nas próximas semanas, acrescentou o professor.
Alguns alunos correm risco de serem exonerados das acusações, mas os culpados podem enfrentar sanções de até um ano de suspensão acadêmica.
Outras universidades de elite dos Estados Unidos também sofreram grandes escândalos por plágio e cópia nos últimos anos. Em 2007, 34 estudantes do primeiro ano da Escola de Negócios da Universidade de Duke (Carolina do Norte) se ajudaram a responder um exame e diversos trabalhos. Dos acusados, 24 sofreram sanções como suspensão e até expulsão. Um caso similar ocorreu em 2002 na Universidade da Virgínia, que jubilou 48 estudantes por entregarem artigos plagiados sobre física.