MATANDO A SUA SAUDADE - GRUPO DE AMIGOS

MATANDO A SUA SAUDADE - GRUPO DE AMIGOS
MATANDO A SUA SAUDADCE - GRUPO DE AMIGOS

RÁDIO PALESTINA FM 104,9

rádio palestina fm

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Furacão surta e ataca Monique Evans: 'Múmia botocada!' R7 30 Setembro de 2013 - 13:51

 

Denise não aguentou assistir aos vídeos mostrando o que Bárbara Evans falou pelas costas
Ela acusou Monique Evans de ter beliscado a mãe dela no Programa da Tarde e falou para Monique fazer isso agora que ela está por perto
‘Eu queria que ela tivesse comigo no reality, não essa menina de cabeça fraca, manipulável, fofoqueira’
Completando as ameaças, Denise chamou Monique de "vocó Monique" e múmia botocada

Ana Paula Arósio surge nua em novo trailer do filme 'Anita e Garibaldi' Purepeople 30 Setembro de 2013 - 14:38

 

Ana Paula Arósio voltou a morar no Rio de Janeiro, mas é melhor os fãs da atriz não ficarem muito animadinhos. Parece que ela não pretende voltar aos holofotes. Segundo o jornal 'O Dia', Arósio continua levando uma vida reclusa. Só se sabe, através de comentários de vizinhos, que a artista está mais magra e com o cabelo na altura da cintura e ondulado. Resta aos órfãos do talento de Arósio se contentarem com imagens da atriz no filme "Anita e Garibaldi", do diretor Alberto Rondalli.
Rodado em 2005, o filme, que custou em torno de R$ 6 milhões, finalmente será lançado. Após enfrentar problemas na captação de recursos, a produção tem estreia prevista para o final de outubro. Para matar a saudade da atriz, longe da TV desde a série "Na Forma da Lei" (2010), o Purepeople preparou uma galeria com imagens do longa. No último teaser divulgado, a estrela aparece nua, deitada em uma rede, ao lado de Gabriel Braga Nunes.
A grande expectativa nos bastidores da produção agora é saber se Ana Paula Arósio pretende aparecer em algum evento de divulgação do filme. Oficialmente, nada foi divulgado ainda.
A atriz abandonou o início das gravações de "Insensato Coração", em 2010, sendo substituída às pressas por Paolla Oliveira. Na época, Arósio decidiu morar na fazenda que possui em Santa Rita do Passa Quatro, no interior de São Paulo, adotando um estilo de vida simples e dedicado ao hipismo.

 

Bárbara admite que fez sexo em reality e detona Andressa: "mereceu várias cuspidas"

MUNDO POP - CELEBRIDADES

Bárbara amite que fez sexo em reality e detona Andressa: `mereceu várias cuspidas` 
Bárbara chorou uma última vez na hora de ganhar o prêmio

Vencedora de uma das edições mais bafônicas de reality show no Brasil, Bárbara Evans não precisou sair do confinamento para sair da seca. "Acusada" por sua inimiga Andressa Urach de fazer sexo no reality show, a vencedora admitiu que chegou, sim, às vias de fato com Mateus Verdelho, durante o confinamento.

"A gente se ama e quem se ama faz amor, sim!", disse, toda orgulhosa, em entrevista ao portal F5. "Fiz sexo, sim; bebi, sim; chorei, sim; dei risada sim. Isso me levou ao grande prêmio", opinou a gata, que acredita ter sido muito "verdadeira" durante a permanência no programa.

Sobre a rival Andressa Urach, que promete processá-la, Evans disse que tem "Deus no coração e quero mais que ela se exploda". O namo, disse, se arrepende de quase caído na porrada com a vice Miss Bumbum, mas Bárbara não. "[A Andressa] mereceu várias cuspidas. Se o tempo voltasse, eu ia lá e dava mais cuspidas nela!"


Da Redação

Consumidor acha objeto estranho em garrafa de cerveja

Foto: Paulo Chiari/EPTV

Químico percebeu que havia algo errado antes mesmo de abrir vasilhame. Ambev informa que é necessário realizar análise técnica da embalagem.

 

Um consumidor de Rio Claro (SP) encontrou um objeto estranho dentro de uma garrafa de cerveja da marca Skol neste sábado (21). A bebida seria consumida em um bar, mas Rogério Gomes percebeu o problema antes de abrir a garrafa. A Ambev informou neste domingo (22)  que é necessária uma análise técnica da garrafa para afastar a possibilidade de violação da embalagem, situação verificada em diversas outras ocasiões.

A empresa afirma que preza pela qualidade de todos os seus produtos e, por isso, mantém rigorosos processos de controle em todas as suas linhas de produção. "Quando ocorre qualquer reclamação, o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) tem como procedimento padrão, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, substituir o produto para que o mesmo seja encaminhado para análise técnica", diz a nota enviada pela assessoria de imprensa.

Denuncia 

O coordenador de Vigilância Sanitária, Agnaldo Pedro da Silva, disse que o consumidor pode formalizar a denúncia e o órgão encaminhará ao Ministério da Agricultura e Abastecimento, que responde pelas cervejas.

O consumidor disse que não iria fazer boletim de ocorrência. “Eu acho que é um caso isolado, eles vão resolver, mas vão ter que me provar que nunca mais ocorrerá algo desse gênero no produto deles”, afirmou.


Objeto estranho encontrado por consumidor dentro de garrafa de cerveja (Foto: Paulo Chiari/EPTV)

com G1

 


Jovem trans publica no Facebook antes de se suicidar


Reprodução : Facebook

Jovem demonstrava que sofria preconceito por parte da sociedade

Mais uma Jovem Trans tirou a própria vida. Na sua ultima manifestação via Facebook a Jovem dizia em carta de despedida:

"Desculpas por ter sido uma pessoa ruim, terrível amiga, péssima filha, horrível professora e o pior ser humano...não pedi pra nascer nem muito menos ser considerada um monstro como se eu tivesse algo contagioso..."

Veja a publicação da jovem :

Reprodução : Facebook
Oséias Alves
Hello! Good-bye!

Hoje estou partindo sem volta... Eu simplesmente cansei de tudo... cansei de tentar...

Me encontrava exausta e já não conseguia mais fingir. Cansei de fingir sorrisos e que tudo tava bem... não estava bem.

Eu fui tomada e invadida por mágoas, decepções, desilusões, angústias, tristeza e o pior eu amei demais, quis demais e acabei sofrendo demais.

Ninguém ouse me julgar porque quase ninguém me estendeu a mão ou até mesmo o ombro amigo...contei nos dedos os que estavam ali mas infelizmente eu fiz a minha escolha... Escolhi não mais sentir falta, saudades...resolvi esquecer, apagar tudo e acabar com todo o meu sofrimento.

Nåo ouse me julgar porque cansei dos julgamentos e das pedras que sobre mim foram atiradas. Todos que morrem se tornam bons assim diz o ditado.

Não façam isto comigo... logo eu que tinha tantos defeitos. Eu sei que tentei até então... Fiz o meu melhor e também dei o meu melhor mas nem tudo sai como a gente quer, planejou ou gostaria... muitas vezes é preciso aceitar ou até mesmo engolir seco.

Alguns conseguem continuar e outros não. Hoje eu desisti de mim. A viagem pra mim acabou pois não acredito em outra vida, seja paraíso ou inferno. O INFERNO é aqui. Este mundo, o cruel inferno, dominado e regido pelo egoísmo, egocentrismo, guerra, falta de amor, injustiça, violência, etc E de tudo isto que cansei... Cansei de me importar, cuidar, me doar...cansei de AMAR sem ser amada. Cansei desse mundo e dessa vida.

Desculpas por ter sido uma pessoa ruim, terrível amiga, péssima filha, horrível professora e o pior ser humano...não pedi pra nascer nem muito menos ser considerada um monstro como se eu tivesse algo contagioso...

Nada mais importa...acabou! Não levo nada comigo mas deixo meu abraço mais quente, meu beijo mais saboroso, minha amizade mais verdadeira, meu carinho mais sincero e o meu verdadeiro amor por você, W.C., que foi a pessoa que mais amei.

Desde que te conheci...eu te amei até o momento em que perdi a respiração e parti.

Adeus pra todos. Sejam mais fortes do que eu fui e me perdoem!!!

Danke schön! Bitte schön!

Thank you - Grazie - Obrigada - Gracias - Merci


Mulheres sensuais eram trunfo de esquema de corrupção

Polícia Federal vê Luciane Hoepers na corrupção a prefeitos
(Divulgação)

Luciane Hoepers, olhos verdes e aparições em revistas masculinas e programas de TV, integrava o rol de motivos com os quais a quadrilha desbaratada pela PF na Operação Miqueias convencia prefeitos a investir dinheiro da previdência municipal em fundo fraudulento

 

 

O escândalo de desvio de recursos de fundos de pensão de prefeituras e governos estaduais, que foi revelado pela Operação Miqueias da Polícia Federal, ganhou um novo componente para lá de explosivo. A quadrilha usava mulheres bonitas e sensuais para se aproximar de prefeitos, políticos ou pessoas que poderiam auxiliar no esquema fraudulento.

Uma dessas mulheres é Luciane Hoepers, 1,75 metro, 33 anos, olhos verdes (foto) e que já está sendo chamada de Musa da Operação Miqueias. Ela é conhecida do meio televisivo, já foi garota do time de futebol Avaí, de Santa Catarina, participou do reality show Casa Bonita, atuou no Zorra Total e trabalhava como agente financeira do grupo Invista, operado pela quadrilha. A bela agora está presa.

Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo mostrou que foi Luciane quem almoçou com os deputados goianos Samuel Belchior, Daniel Vilela e Leandro Vilela – todos do PMDB. O encontro foi documentado em fotos pela PF. Ao jornal, Leandro disse que não se lembra da moça nem do almoço. Samuel disse em nota que se encontrou com uma “pessoa” que estaria sendo investigada pela PF, mas não revelou se era homem ou mulher.

O nome de deputados goianos aparecem em outra reportagem. Desta vez em O Globo. A matéria fez um perfil da musa Luciane Hoepers e publica até trecho de um diálogo dela com um prefeito identificado apenas como Júnior:

- Alô, prefeito Júnior. Tudo bem? Aqui quem fala é a Luciane da Invista. Tá lembrado?

- Tô lembrado, difícil esquecer.

A PF diz que Luciane é ligada ao doleiro Fayed Antoine Traboulsi, um dos líderes da quadrilha. As interceptações telefônicas mostram que ela mantinha vários contatos com políticos. Na lista de municípios onde Luciane procurou prefeitos e ex-prefeitos estão cidades de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Santa Catarina e São Paulo.

Os grampos da PF mostram que no dia 26 de março deste ano Luciane comunicou a um dos chefes que iria almoçar com o filho do prefeito de Aparecida de Goiânia (GO), além de alguns deputados goianos. “Segundo ela, um deles é um deputado fortíssimo que vai sair na próxima eleição como candidato a governador do Estado”, afirma a reportagem.
O filho do prefeito é o deputado estadual Daniel Vilela. O prefeito é Maguito Vilela, ex-senador e vice-presidente da Frente Nacional de Prefeitos. O deputado fortíssimo seria Samuel Belchior, que já foi sondado pelo PMDB para ser o candidato do partido na sucessão estadual de 2014. O pai de Samuel, Lauro Belchior, era à época presidente do instituto municipal de previdência de Goiânia.

Matéria de O Popular (de Goiânia) desta segunda-feira fala do caso.
Daniel confirmou ao jornal que teve o encontro sim e foi numa reunião do PMDB em Brasília. Ele afirma que conheceu Luciane, mas não teve mais contato com a mulher. “Samuel Belchior não foi encontrado para comentar o caso, mas fontes próximas ao deputado confirmaram o encontro”, encerra o texto do jornal.

Planalto

As repercussões da Operação Miqueias preocupam o Palácio do Planalto. Na noite de sexta-feira (20), o assessor do Ministério das Relações Institucionais Idaílson Vilas Boas Macedo foi demitido após ser acusado pela PF de ser o lobista da quadrilha. Idaílson trabalhava diretamente com o subchefe de Assuntos Federativos da Presidência da República, Olavo Noleto, atualmente o goiano que ocupa o mais alto cargo no governo federal.

As investigações levaram à prisão de ao menos 20 pessoas em nove estados, além do cumprimento de dezenas de mandados de busca e apreensão. Entre os bens apreendidos constavam vários veículos de luxo, como uma Ferrari e uma Lamborguini. Ao longo de 18 meses de investigação, grupo teria movimentado R$ 300 milhões.

Brasil 247

O que está acontecendo com a música brasileira ?

Os Diskarados - P*taria no Baile : Foto Reprodução Youtube


 
 
Pedro Henrique*,  para o Folha Social

Enquanto orquestras tradicionais correm risco de fechar por falta de patrocínio no Brasil, grupos e cantores com conteúdo irrelevante e repetitivo ascendem cada vez mais com a ajuda da mídia burguesa tradicional. A mesma mídia que tenta nos empurrar goela abaixo vários ''artistas'' que tentam nos dizer através de suas músicas que tudo está bem, que tudo é amor, e que é necessário ficar tranquilo que o bem vence o mal no final. Isso na verdade pode até parecer levianismo, já que ultimamente se vê uma ascensão astronômica de hits da Internet, como o funk ostentação e aqueles com conteúdo extremamente erótico, colocando a mulher como um pedaço de amostra de carne.

Fenômenos como Anitta, Michel Teló e outros mais,  sempre vão surgir aqui e acolá, graças ao firme propósito do Sistema, que procura emburrecer a classe trabalhadora, desrespeitando-a com letras de mau gosto, servindo apenas para aumentar o próprio ego, falando de seu carro importado, ou como o cantor se acha o legal por sair na balada e ‘pegar’ várias mulheres, falando de mulheres como se fosse mercadoria, e os mais pobres, certamente consumirão esse produto, pois é este tipo de gente que aparece na tv aos domingos, nos jornais e revistas de fofoca e nas rádios ´´populares`` diariamente. O sistema sabe onde investe, não é atoa que alguns estilos musicais vem recebendo investimento pesado do Ministério da Cultura para divulgação e produção. 

O funk  mesmo degradando cada vez mais a mulher e estimulando o consumismo fútil e exacerbado (onde se paga R$ 1.800 em um óculos), ainda sim, dá  uma pequena opção para jovens e crianças ingressarem no mundo da música, opção infinitamente melhor que o mundo do crime. Porém, esses mesmos jovens sem base educacional nenhuma, só tem por opção, repetirem refrões e jargões tradicionais, ou criarem novos, com conteúdo abjeto e besta, já que é isso que eles aprendem.

Atualmente vejo um gênero musical que ainda sofre muito preconceito, que é o rap, onde a música serve como um instrumento de desabafo e reivindicação por melhorias de um povo sem voz. Não é muito difícil simpatizar com esse gênero, em qualquer visita à uma favela, em menos de cinco minutos você verá que um cantor de rap, ou uma iniciativa ligada ao rap, faz muito mais do que qualquer projeto denominado criança esperança.

Acredito, que a música tem o poder de unir as pessoas, seja de etnias, ideologias, crenças ou culturas diferentes, assim como tem o poder também de expressão, de dizer que este mundo em que vivemos não está tão certo assim como passa na TV. É necessário um discernimento e começar a ver que essa música que nos vendem, só esta nos denegrindo e pregando um ideal de vida totalmente míope de uma realidade revoltante do qual vivemos.

*Pedro Henrique Salles é formado em Filosofia pela Unicamp e escreve regularmente para o Folha Social

sábado, 28 de setembro de 2013

Cinco peças de roupas femininas que os homens não resistem

MUNDO POP - CELEBRIDADES



Dizem por aí que a gente não se veste pros homens, nem pra nós mesmas; que na verdade a gente escolhe um look para impressionar as outras mulheres. Seja como for, vamos combinar que na hora de sair pra encontrar um gato ou simplesmente causar, a roupa faz uma bela diferença. Separamos cinco peças de roupa que os homens consideram irresistíveis. O recalque das outras bate no meu closet e volta!



1. Rendas ou transparências: desde que estes itens saíram da moda underwear e ganharam espaço no guarda-roupas a gente ganhou em feminilidade. Basta uma regatinha com um detalhe rendado – ou uma elegante camisa com transparência – para estar na moda e deixar os homens com o queixo caído.


2. Animal print. Não é à toa que estampas de zebra, oncinha e afins não saem de moda. A ideia é misturar uma peça estampada com outras mais lisas e sóbrias, assim o animal print fica em destaque. Os homens amam porque qualquer animal print deixa a gente mais sensual – já reparou que todas as estampas são inspiradas em animais selvagens?


3. Minissaia. A boa e velha saia curtinha também tem seu lugar garantido no guarda roupa há muitas temporadas. Segundo uma pesquisa feita pela revista Elle, 80% dos homens adoram quando as mulheres usam saias mais curtas, deixando as pernocas à mostra. Não precisa bancar a piriguete e deixar a dobrinha do bumbum à mostra, o lance é ser sexy sem ser vulgar – para a parte de cima, prefira uma peça mais fechada, como uma t-shirt ou camisa. Evite também saltos muito altos se não quiser parecer a Suellen (sdds Avenida Brasil).


4. Ombros de fora. O verão vem aí e é hora de deixar ombros, colo e um tiquinho das costas de fora. Sem exageros, os ombros de fora são pura sensualidade. Aposte em blusas mais larguinhas, que não marcam o corpo. Eles adoram!


5. Óculos de grau. Por essa ninguém esperava, hein? Pode assumir seu lado “quatro-olhos” e aposentar as lentes. Para os homens, mulheres que usam óculos de grau remetem a uma postura mais culta e inteligente. O legal dos óculos é que dá para brincar bastante com as armações e torná-las um supercomplemento para o seu look do dia.


E aí? Tem alguma peça do seu guarda-roupa que faz com que todas as atenções se voltem para você?

Ex-mulher e seu irmão são condenados por morte de diretor da Friboi Jurados condenaram Giselma Carmen Campos a 22 anos e seis meses e Kairon Valter Alves a 21 anos de prisão por crime ocorrido em 2008 G1 27 Setembro de 2013 - 18:18

    Foto: Futura Press
Os dois réus julgados pela morte do diretor-executivo da Friboi Humberto Campos Magalhães foram condenados nesta sexta-feira (27). A ex-mulher do executivo, Giselma Carmen Campos, e o irmão dela, Kairon Valter Alves, eram acusados de planejar e contratar os executores do assassinato, ocorrido em dezembro de 2008 em São Paulo.
Giselma foi condenada a 22 anos e seis meses de prisão. Como já ficou mais de um ano presa pelo crime, a pena a ser cumprida ficou em 21 anos e 1 dia de detenção. Apesar da sentença, ela não irá para a prisão agora por causa de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que permitiu à ré ficar em liberdade enquanto o processo é julgado. A defesa ainda pode recorrer da decisão desta sexta.
O irmão dela foi condenado a 21 anos de prisão, dos quais já cumpriu quatro anos. Ele voltou para o presídio após o fim dos trabalhos do júri. O julgamento durou quatro dias no Fórum Criminal da Barra Funda, na Zona Oeste de São Paulo, e sentença foi lida pela juíza Eliana Cassales Tosi de Mello por volta das 19h.
Giselma negou aos jurados ser a mandante do crime, ocorrido em uma rua da Vila Leopoldina. Já Kairon Alves confessou a participação no assassinato e disse que a irmã planejou a morte de Humberto. A ex-mulher do executivo afirmou que o irmão “mentiu” ao apontá-la como mandante.
Os depoimentos dos filhos de Giselma e Humberto marcaram o julgamento. O estudante de administração Carlos Eduardo Magalhães, de 22 anos, disse que a mãe perseguia o pai. O filho mais velho, o estudante de direito Marcus Vinicius Magalhães, defendeu a mãe e afirmou que o irmão fez do júri "um circo".
Durante os debates entre defesa e acusação, o promotor José Carlos Cosenzo buscou convencer os jurados que os irmãos foram responsáveis pela morte do diretor-executivo da Friboi. Ele comparou a forma engenhosa como o crime foi planejado em 2008 com a literatura policial da escritora Agatha Christie. O promotor citou até mesmo o julgamento do mensalão.
O promotor disse aos jurados que o assassinato do executivo da Friboi acabou também com a vida dos filhos, dos comparsas e da própria acusada. “Giselma matou dois filhos, Carlos Eduardo e Marcos Vinicius, Giselma matou Kairon, Paulo e Osmar, e depois se matou”, disse.
Os primeiros 30 minutos da sustentação do promotor foram usados para agradecer a presença da família da vítima, vinda de Goiás, dos jurados e da imprensa. Em seguida, ele ressaltou a importância da decisão do Conselho de Sentença na vida da família da vítima. O representante do Ministério Público narrou todo o crime aos jurados. “Essa história parece um romance de Agatha Christie”, afirmou.
Cosenzo lembrou aos jurados que a liminar concedida pelo STF a pedido da defesa da ré foi analisada pelo ministro Celso de Mello. “Sabem quem deu a liminar para a Giselma? Foi aquele ministro do STF, o Celso de Mello, o mesmo do mensalão”, ressaltou, em referência ao voto que acabou levando a um novo julgamento para parte dos reús do caso.
Defensores
A segunda etapa dos debates foi reservada aos defensores dos dois réus. Eles falaram durante duas horas e 35 minutos. A advogada Vitória Nogueira, que defende Kairon, foi a primeira a falar. Ela pediu atenuante de pena pela confissão do réu, e facilitação do trabalho da Justiça.
Durante uma hora de argumentação, ela disse que o réu está se sentindo arrependido e enganado pela irmã. “Mesmo que a pessoa tenha errado e cometido um crime, como tráfico de drogas, não quer dizer que a pessoa não tenha dignidade e caráter”, afirmou. Ela ressaltou que o cliente dela foi manipulado, pois, na última vez que tinha visto a irmã, os dois eram ainda crianças e ela possuía uma índole diferente da atual.
Defensor de Giselma Campos, o advogado Mauro Nacif defendeu a todo momento o direito de absolvição em caso de dúvida, citando os incisos 6 e 7 do artigo 386 do Código Penal. “Se o juiz de direito togado, concursado, pode absolver pela dúvida, o júri também pode, tem o mesmo direito.”
Nacif disse que o Carlos Eduardo Magalhães tem ódio da mãe e que Kairon possui o mesmo sentimento pela irmã, por isso os dois a estão acusando. “Ele diz que não tem ódio da mãe, mas quer jogá-la em um lugar que tem ratos na água”, afirmou, em referência às condições de um presídio.
De acordo com o advogado, além da ganância financeira do jovem, a raiva de problemas na infância também foi outra motivação para o depoimento contra a mãe. “Vamos dar a ela esse crédito de confiança como o Supremo deu”, pediu, citando uma decisão do STF que permitiu que a ré ficasse em liberdade até o julgamento do processo.
Giselma nega
A ré Giselma Carmen Campos negou na quinta-feira a acusação feita pelo irmão, Kairon Valter Alves, de que seria a mandante da morte do ex-marido. "É tudo mentira", disse. Kairon Alves confirmou na tarde desta quinta que a irmã mandou assassinar o ex-marido.
No fim do interrogatório de Giselma, a juíza Eliana Cassales Tosi de Mello colocou os dois irmãos frente a frente. Ela perguntou se Kairon mantinha a versão de que a irmã era mandante do assassinato. Ele disse: "Confirmo". A ex-mulher do executivo voltou a repetir que era "mentira".
Questionado qual seria o motivo de Kairon a incriminar pelo assassinato, Giselma disse que o irmão havia pedido R$ 15 mil a ela para uma cirurgia de um filho, mas ela não tinha o dinheiro naquele momento para dar. Por isso, acredita que o irmão ficou com raiva dela.
O crime
Segundo a polícia e a Promotoria, Giselma passou a planejar o assassinato de Humberto depois da separação informal do casal. Apesar de estarem casados judicialmente, eles estavam separados na época do crime, em dezembro de 2008.
Giselma procurou o irmão Kairo Alves, no Maranhão, que havia saído da prisão, onde passou 18 anos condenado por tráfico de drogas. Segundo a polícia, Kairo veio a São Paulo e contratou dois pistoleiros no Centro de São Paulo. A investigação mostrou que Giselma pagou ao irmão e aos pistoleiros cerca de R$ 30 mil. Os dois foram condenados pelo crime em um julgamento anterior.
No dia da morte, um dos assassinos utilizou o celular do filho mais novo de Humberto, entregue por Giselma, e telefonou para o executivo dizendo que o jovem estava passando mal, no meio da rua. Humberto saiu de casa apressado e foi à rua indicada procurando o filho de casa em casa. Ao voltar para o carro, um motoqueiro se aproximou e depois de uma rápida discussão disparou dois tiros que mataram Humberto.




Bando rouba carga de computadores avaliada em R$ 1 milhão Equipamentos eram levados de Jundiaí para um depósito na cidade vizinha de Louveira UOL 27 Setembro de 2013 - 18:35

    Foto: Ilustração

Uma carga com cerca de R$ 1 milhão em computadores produzidos pela HP em uma das fábricas da multinacional Foxconn, em Jundiaí (a 58 km de São Paulo), foi roubada no fim da noite desta quinta-feira (26) na altura do km 67 da rodovia Anhanguera. Os equipamentos eram levados para um depósito na cidade vizinha de Louveira (71 km de São Paulo).
De acordo com a Polícia Civil de Jundiaí, o caminhão com um lote de computadores diversos (a quantidade não foi informada) era escoltado por dois seguranças armados com revólveres e uma espingarda calibre 12 em um Uno, quando os veículos foram abordados por três carros a cerca de 3 km do trevo de Louveira, onde fica o centro de distribuição com o depósito.
Seis pessoas encapuzadas participaram da ação. Eles desarmaram os seguranças e retiraram os chips de seus celulares, devolvendo os aparelhos para os donos em seguida.
Os dois ajudantes e os dois seguranças foram colocados em dois carros e cerca de duas horas depois foram deixados na própria Anhanguera, na altura de Cajamar, cidade próxima à Grande São Paulo.
O caminhão foi levado pelos ladrões e ainda não foi localizado. Já o carro da empresa de segurança acabou encontrado pela PM (Polícia Militar) praticamente em frente a outra fábrica da Foxconn, onde, no mesmo horário, um funcionário era preso por tentar furtar cerca de 30 displays da linha de produção de iPhones (esta unidade de multinacional é exclusiva para fabricação de produtos da Apple e é a única fora da China).
O funcionário, de 22 anos, havia escondido os displays em no cesto de lixo de um dos banheiros da fábrica, localizada no km 66 da rodovia Anhanguera. Um supervisor de segurança, que desconfiava da ação, esperou até que o jovem fosse até o local para retirar os objetos furtados, quando acabou surpreendido. Ele foi levado pela PM ao Plantão Policial e acabou preso. Ele não informou o que faria com os displays de iPhones.
A Foxconn informou que não iria se pronunciar sobre os dois casos.

Histórico

Essa não é a primeira vez que a polícia precisa ser chamada à fábrica. Em abril do ano passado,quando nem a Apple e nem a Foxconn ainda confirmavam as operações no Brasil, sete iPads foram furtados de um estoque da sessão de tecnologia da informação. O caso foi parar na delegacia.
Em março de 2008, cerca de 30 homens, vestidos com coletes com a inscrição da Polícia Federal, invadiram a unidade da Foxconn na rodovia dos Bandeirantes, em Jundiaí, e roubaram cerca de 100 mil componentes e cerca de 2 mil computadores da própria HP (a unidade também produz equipamentos para a Sony).
A região de Jundiaí, em virtude de seu polo logístico e suas fábricas e depósitos de equipamentos eletrônicos, tem um alto índice de furtos e roubos de cargas. De acordo com dados da SSP (Secretaria de Segurança Pública), entre janeiro e agosto foram registradas 73 ocorrências nas rodovias que cortam a região.



Governo paulista vai bloquear sinal de celular em 23 presídios Secretaria do estado lançou edital para contratação de empresas especializadas no bloqueio UOL 27 Setembro de 2013 - 23:20

    Foto: Arte / UOL


A Secretaria da Administração Penitenciária de São Paulo divulgou nesta sexta-feira (27) um edital para a contratação de empresas especializadas para a prestação de serviços de bloqueio de sinais de celulares em 23 unidades prisionais do Estado que abrigam presos líderes de facções criminosas e que possuem presos de "alta periculosidade".
A abertura da sessão pública de Pregão Presencial será no dia 11 de novembro, às 9h, no auditório da Secretaria da Administração Penitenciária, localizada na avenida Ataliba Leonel, 556, Santana, zona norte de São Paulo.
A prestação de serviço deve incluir todos os recursos logísticos, tecnológicos, além da infraestrutura necessária para o perfeito funcionamento da solução. A empresa contratante também será responsável pelos serviços técnicos especializados de instalação, ativação, configuração, manutenção preventiva e corretiva, suporte técnico, operação remota via software de gestão de monitoramento e treinamento de integrantes da secretaria.
O edital, no entanto, não especifica o tipo de bloqueadores --o gerador de ruídos (jamming) e o simulador de estação de rádio base-- que será determinado por estudos em cada um dos presídios. Ainda assim a solução deve operar 24 horas por dia, sete dias por semana e 365 dias do ano. Mas não poderá bloquear o funcionamento de telefones celulares na parte externa dos presídios, de acordo com as normas e resoluções da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).
A assinatura do contrato com a empresa vencedora no pregão está prevista para ser feita até o dia 5 de dezembro. A instalação dos bloqueadores na primeira unidade prisional deve acontecer até 6 de janeiro de 2014 e na segunda, até 6 de fevereiro. O prazo final para o fim das instalações nos 23 presídios do Estado é 6 de setembro.


Produtores de vinho artesanal estão a um passo de regulamentação Comissões da Câmara dos Deputados aprovaram legalização da produção e comercialização da bebida OCB/Sescoop 27 Setembro de 2013 - 23:50

    Foto: Ilustração


Uma boa notícia aos produtores brasileiros de vinho colonial. É que as comissões de Constituição de Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados, em sessão ordinária, aprovaram a legalização da produção e a comercialização da bebida (PLP nº 2693/11), nesta quarta-feira. O relator da matéria, o deputado Alceu Moreira (RS), integrante da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop), afirmou que a aprovação representa um estímulo ao desenvolvimento das cooperativas que produzem vinhos.

“Sabemos que esse projeto de lei contempla a mais de três mil produtores que, agora, poderão agregar ainda mais valor ao seu produto. A produção de vinho no País cresceu e evoluiu muito nos últimos anos, mas necessitava de uma legislação adequada”, defende o parlamentar.

O PLP também estabelece as definições para a produção do vinho colonial, sendo o produtor responsável por preservar as características culturais, históricas e de cunho social da agricultura familiar. Determina, ainda, que a produção utilize, no mínimo, 70% de uvas produzidas na propriedade rural unifamiliar e estabelece que a comercialização do produto seja realizada nas propriedades, feiras, cooperativas e associações de produtores.

Fiscalização


Os registros e a fiscalização, pelo que propõe o PLP, ficam a cargo dos ministérios do Desenvolvimento Agrário (MDA) e da Agricultura (Mapa), desde que respeitada a proporcionalidade de tamanho e produção das pequenas propriedades de agricultura familiar, responsáveis pela produção da bebida.

Sistema OCB

O PLP nº 2.693/11, que segue agora para análise do Senado Federal, contou com o apoio do Sistema OCB para sua aprovação durante toda a tramitação na Câmara dos Deputados.



Protesto fecha vias em São Paulo e confronto com a PM é registrado Militantes se mobilizaram pelas redes sociais para protestar contra o mensalão em evento de apoio à candidutara de Emídio Souza à presidência do PT paulista G1 28 Setembro de 2013 - 00:05

    Foto: G1

Um protesto que começou por volta das 18h desta sexta-feira (27) no vão livre do Masp provocou o fechamento de ao menos três importantes avenidas da cidade: a Paulista, a Consolação e a Liberdade.
Por volta das 22h, a Avenida Liberdade estava totalmente ocupada, segundo a CET. De acordo com a Polícia Militar, houve um confronto entre manifestantes e PMs às 22h30, em frente à Casa de Portugal, onde acontecia um evento do Partido dos Trabalhadores (PT).
Cerca de mil militantes petistas participavam de um evento de apoio à candidatura do ex-prefeito de Osasco, Emídio de Souza, à presidência estadual da sigla. Os manifestantes se mobilizaram por meio das mídias sociais para protestar contra o mensalão.
Durante o protesto, alguns integrantes do PT saíram do local do evento e foram em direção dos manifestantes para confrontá-los. Neste momento, a PM interferiu para acabar com a confusão e foi recebida com morteiros lançados pelos manifestantes.
O tumulto do lado de fora da Casa de Portugal ocorreu justamente no momento que o ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva discursava para a plateia. Ao término do evento, o mestre de cerimônias pediu aos integrantes do PT que não aceitassem provocações ao deixar o local. A PM escoltou dezenas de militantes até os ônibus que os levariam de volta para os seus locais de origem.
De acordo com a CET, o protesto saiu do Masp e seguiu em direção à Consolação, impedindo a passagem de carros pelo local. Depois, o grupo se concentrou em frente a Prefeitura de São Paulo, e seguiu para a Praça da Sé.
Um evento publicado na rede social Facebook convocava para as 18h desta sexta, no vão livre do Masp, um protesto contra o processo do mensalão e a aceitação dos embargos infringentes pelos ministros da Corte, o que resultou na revisão das penas dos condenados.


Ao final do evento, petistas foram escoltados por PMs até os ônibus para que não houvesse confrontos com manifestantes (Foto: Roney Domingos/G1)
Ao final do evento, petistas foram escoltados por PMs até os ônibus para que não houvesse confrontos com manifestantes (Foto: Roney Domingos/G1)



Vestido usado por Gracyanne no casamento de Naldo era emprestado Santafé 27 Setembro de 2013 - 14:59

O vestido dourado usado por Gracyanne Barbosa no casamento de Naldo e Moranguinho era emprestado. A roupa pertence a sua dermatologista, Márcia Miranda, responsável pelos tratamento estéticos da modelo. 

Procurada pelo EGO, Gracyanne disse que não vê nada demais em sua atitude, de pegar uma roupa emprestada.
"O vestido que mandei fazer não ficou pronto a tempo e não vejo nenhum problema nisso. Nessas ocasiões ou você aluga ou empresta um vestido, já que esse figurino não é tão comum no guarda-roupa de qualquer pessoa", disse ela.




Peguete de Caio Castro diz não ter preferência: 'Gosto de pessoas' A DJ, que ficou com Caio Castro no Rock in Rio, diz que recebe muito mais cantadas desde que namorou uma mulher num reality show. Ego/Pop 27 Setembro de 2013 - 15:12


Vencedora da "Fazenda de Verão", Angelis Borges hoje chama mais atenção por ter sido a gata que fisgou Caio Castro no Rock in Rio. Fã de um barraco, a gata fez questão de revelar, nesta quinta-feira, que o galã da Globo foi o primeiro homem que ela pegou nos últimos dois anos. 

"Foi aquela ficada, né? Coisa de Rock in Rio", disse, no maior desdém, causando inveja na mulherada, em entrevista ao portal Ego. Mas a DJ preferiu ficar em cima do muro, na hora de escolher entre homens ou mulheres como melhores parceiros sexuais: "Gosto de pessoas, é o jeito delas que me atrai. Não coloco esse padrão de sexo."

Mas a gata confessou que "nas preliminares, a mulher te conhece melhor. Porque ela é você, né?", e, por isso, para ficar com um cara, "tem que ser `o` homem", ser carinhoso e ter romantismo (característica que a mulher "já tem"). E aí Caio delicinha caiu como uma luva.


Making of - Angelis Borges posa para o Paparazzo (Foto: Márcio Nunes / Paparazzo) 
Angelis Borges posa para o Paparazzo, em ensaio que vai ao ar neste sábado, 28 (Foto: Márcio Nunes / Paparazzo)


Brasileira vence etapa que elege melhor corpo do Miss Mundo Sancler Frantz, do RS, está em primeiro lugar na lista da famosa casa de jogos britânica Ladbrokes UOL 27 Setembro de 2013 - 17:50

    Foto: Divulgação

A candidata brasileira Sancler Frantz foi anunciada na manhã desta sexta-feira (27), no horário da Indonésia, como a grande vencedora da etapa moda praia (beach fashion), que elege o melhor corpo do Miss Mundo 2013.
Por conta de protestos de muçulmanos contra o concurso, as candidatas desfilaram de maiô e sarong (espécie de canga) ao invés do tradicional biquíni. Desde antes do início do certame, diversos protestos são realizados todos os dias. Os muçulmanos radicais consideram o evento "obsceno e pornográfico".
A Miss Nepal venceu a etapa de Beleza com Propósito --prova na qual a brasileira teve seu projeto contra a hanseníase eleito entre os cinco melhores. A candidata das Filipinas, forte concorrente, venceu a prova de top model, que avalia a passarela das misses.
  • Reprodução/Facebook/Miss World
    Sancler durante o desfile de moda praia
    Sancler durante o desfile de moda praia
O prêmio de melhor mídias sociais ficou com a Miss Índia pelo 2º ano consecutivo --esta etapa avalia como a página da candidata no Facebook foi atualizada e alimentada. As etapas classificatórias contam pontos no ranking geral do concurso.
A final do Miss Mundo 2013 acontece neste sábado (28).




sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Lutador brasileiro de MMA morre pouco antes da pesagem Leandro Feijão passou mal e desmaiou; ele faleceu na Unidade de Pronto Atendimento de Botafogo Combate 26 Setembro de 2013 - 21:52

 Foto: Reprodução / Facebook




O lutador de MMA Leandro Feijão morreu nesta quinta-feira, dia da pesagem do Shooto 43, evento em que ele se apresentaria nesta sexta, no Rio de Janeiro. Companheiro de Feijão, o também lutador André Chatuba fez o comunicado em sua página no Facebook. Ainda não se sabe o motivo da morte.
- Boa noite, pessoal. Venho comunicar o falecimento do nosso atleta Leandro Feijão, que iria fazer uma luta amanhã no Shooto. Feijão passou mal antes da pesagem do evento, desmaiou e foi levado para o hospital, ainda não sei o que levou Leandro à morte - escreveu Chatuba.
Algumas horas depois, Dedé Pederneiras, um dos organizadores do Shooto no Brasil, também usou o Facebook para confirmar a morte do lutador.
- É com grande pesar que viemos por meio desta noticiar o falecimento do atleta Leandro Caetano de Souza. O atleta veio a óbito na UPA de Botafogo, os motivos ainda não são de nosso conhecimento. Gostaríamos de expressar os pêsames a todos os amigos e familiares.
Leandro tinha dez lutas no MMA e era da equipe N.U./Delfim Caçadores. Ele venceu cinco adversários e perdeu cinco combates. Nesta sexta, ele enfrentaria Gabriel Brasil.

Leandro Feijão (Foto: Reprodução / Facebook)

Imagem de divulgação de Leandro Feijão no Shooto 43 (Foto: Reprodução / Facebook)




Bahia perde para Atlético Nacional na Colômbia com gol contra 24 anos depois, tricolor baiano voltou a jogar partida internacional oficial, mas viu Diones marcar contra o único gol do jogo Globo Esporte 27 Setembro de 2013 - 00:07


 Foto: AP


Foram necessários 24 anos. Depois de um hiato superior a duas décadas, o Bahia voltou a disputar uma partida oficial internacional. Entrou em campo, na Colômbia, com o tabu de nunca ter vencido um time fora do país em competições internacionais. E saiu com o mesmo jejum. Nesta quinta-feira, o Tricolor perdeu por 1 a 0 para o Nacional de Medellín, em jogo pelas oitavas-de-final da Copa Sul-Americana.
A última vez que o Bahia havia ultrapassado a fronteira do país foi em 1989. Pela Copa Libertadores, empatou com o Universitário no estádio Nacional de Lima, no Peru. A esperança era de que o final fosse diferente nesta quinta, mas o gol contra de Diones deixou o Tricolor na desvantagem.
Assim como aconteceu na primeira fase da Sul-Americana, Cristóvão Borges poupou alguns jogadores. Demerson, Fahel e Wallyson entraram nos lugares de Lucas Fonseca, Feijão e William Barbio. Com a derrota, o Bahia precisa de uma vitória por dois gols de diferença no jogo de volta. Um triunfo por 1 a 0 para o Tricolor levaria a decisão para os pênaltis. Uma vitória por um gol de diferença dos baianos, mas com os colombianos marcando ao menos um gol, dá a classificação para o Nacional de Medellín.
A derrota na Colômbia foi a primeira após uma série de quatro jogos invicto pelo Brasileiro. Pela competição nacional, o Esquadrão volta a campo no domingo. O adversário será o Vasco, às 16h (de Brasília), na Fonte Nova.
Fogo amigo em Medellín
O Bahia não sentiu nem um pouco a mudança de competição. O Tricolor não se intimidou com o jogo na Colômbia. Assim como nas duas últimas partidas, foi o time baiano quem tomou o comando e dominou boa parte do duelo. Diones, Fernandão e Wallyson por pouco não balançaram as redes.
Quando foi ao ataque, o Nacional de Medellín levou perigo. Marcelo Lomba foi gigante. Alejandro Bernal e Jefferson Duque não passaram pelo goleiro. A trave também esteve do lado tricolor. Mas quando estas as três chances foram criadas, o jogo já estava 1 a 0 para o time da casa.
Marcelo Lomba só não conseguiu parar o fogo amigo nos primeiro 45 minutos. Em falha da marcação, Nájera cruzou da esquerda. Duque era o atacante na área e correu em direção à bola. Antes dele, Diones tentou cortar de cabeça e fez o gol contra.
Nada muda nos 45 minutos finais
A volta para o segundo tempo não gerou grandes mudanças no jogo. Cristóvão modificou o Bahia. Lucas Fonseca, William Barbio e Jussandro entraram nos lugares de Titi, Wallyson e Raul. Mudanças estratégicas, mas nenhuma alteração tática no time.
O Tricolor continuou presente no campo adversário na maior parte do tempo. O Nacional manteve os ataques incisivos. Na metade final do segundo tempo, os dois times pareciam satisfeitos com o resultado. O Bahia recuou e passou a tocar a bola no campo de defesa. O Nacional, com a vantagem no placar, pouco fez para alterar o ritmo de jogo. E, assim, o 1 a 0 para o time da casa foi até o apito final.