MATANDO A SUA SAUDADE - GRUPO DE AMIGOS

MATANDO A SUA SAUDADE - GRUPO DE AMIGOS
MATANDO A SUA SAUDADCE - GRUPO DE AMIGOS

RÁDIO PALESTINA FM 104,9

rádio palestina fm

sábado, 28 de setembro de 2013

Governo paulista vai bloquear sinal de celular em 23 presídios Secretaria do estado lançou edital para contratação de empresas especializadas no bloqueio UOL 27 Setembro de 2013 - 23:20

    Foto: Arte / UOL


A Secretaria da Administração Penitenciária de São Paulo divulgou nesta sexta-feira (27) um edital para a contratação de empresas especializadas para a prestação de serviços de bloqueio de sinais de celulares em 23 unidades prisionais do Estado que abrigam presos líderes de facções criminosas e que possuem presos de "alta periculosidade".
A abertura da sessão pública de Pregão Presencial será no dia 11 de novembro, às 9h, no auditório da Secretaria da Administração Penitenciária, localizada na avenida Ataliba Leonel, 556, Santana, zona norte de São Paulo.
A prestação de serviço deve incluir todos os recursos logísticos, tecnológicos, além da infraestrutura necessária para o perfeito funcionamento da solução. A empresa contratante também será responsável pelos serviços técnicos especializados de instalação, ativação, configuração, manutenção preventiva e corretiva, suporte técnico, operação remota via software de gestão de monitoramento e treinamento de integrantes da secretaria.
O edital, no entanto, não especifica o tipo de bloqueadores --o gerador de ruídos (jamming) e o simulador de estação de rádio base-- que será determinado por estudos em cada um dos presídios. Ainda assim a solução deve operar 24 horas por dia, sete dias por semana e 365 dias do ano. Mas não poderá bloquear o funcionamento de telefones celulares na parte externa dos presídios, de acordo com as normas e resoluções da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).
A assinatura do contrato com a empresa vencedora no pregão está prevista para ser feita até o dia 5 de dezembro. A instalação dos bloqueadores na primeira unidade prisional deve acontecer até 6 de janeiro de 2014 e na segunda, até 6 de fevereiro. O prazo final para o fim das instalações nos 23 presídios do Estado é 6 de setembro.