MATANDO A SUA SAUDADE - GRUPO DE AMIGOS

MATANDO A SUA SAUDADE - GRUPO DE AMIGOS
MATANDO A SUA SAUDADCE - GRUPO DE AMIGOS

RÁDIO PALESTINA FM 104,9

rádio palestina fm

sábado, 28 de setembro de 2013

Protesto fecha vias em São Paulo e confronto com a PM é registrado Militantes se mobilizaram pelas redes sociais para protestar contra o mensalão em evento de apoio à candidutara de Emídio Souza à presidência do PT paulista G1 28 Setembro de 2013 - 00:05

    Foto: G1

Um protesto que começou por volta das 18h desta sexta-feira (27) no vão livre do Masp provocou o fechamento de ao menos três importantes avenidas da cidade: a Paulista, a Consolação e a Liberdade.
Por volta das 22h, a Avenida Liberdade estava totalmente ocupada, segundo a CET. De acordo com a Polícia Militar, houve um confronto entre manifestantes e PMs às 22h30, em frente à Casa de Portugal, onde acontecia um evento do Partido dos Trabalhadores (PT).
Cerca de mil militantes petistas participavam de um evento de apoio à candidatura do ex-prefeito de Osasco, Emídio de Souza, à presidência estadual da sigla. Os manifestantes se mobilizaram por meio das mídias sociais para protestar contra o mensalão.
Durante o protesto, alguns integrantes do PT saíram do local do evento e foram em direção dos manifestantes para confrontá-los. Neste momento, a PM interferiu para acabar com a confusão e foi recebida com morteiros lançados pelos manifestantes.
O tumulto do lado de fora da Casa de Portugal ocorreu justamente no momento que o ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva discursava para a plateia. Ao término do evento, o mestre de cerimônias pediu aos integrantes do PT que não aceitassem provocações ao deixar o local. A PM escoltou dezenas de militantes até os ônibus que os levariam de volta para os seus locais de origem.
De acordo com a CET, o protesto saiu do Masp e seguiu em direção à Consolação, impedindo a passagem de carros pelo local. Depois, o grupo se concentrou em frente a Prefeitura de São Paulo, e seguiu para a Praça da Sé.
Um evento publicado na rede social Facebook convocava para as 18h desta sexta, no vão livre do Masp, um protesto contra o processo do mensalão e a aceitação dos embargos infringentes pelos ministros da Corte, o que resultou na revisão das penas dos condenados.


Ao final do evento, petistas foram escoltados por PMs até os ônibus para que não houvesse confrontos com manifestantes (Foto: Roney Domingos/G1)
Ao final do evento, petistas foram escoltados por PMs até os ônibus para que não houvesse confrontos com manifestantes (Foto: Roney Domingos/G1)