MATANDO A SUA SAUDADE - GRUPO DE AMIGOS

MATANDO A SUA SAUDADE - GRUPO DE AMIGOS
MATANDO A SUA SAUDADCE - GRUPO DE AMIGOS

RÁDIO PALESTINA FM 104,9

rádio palestina fm

domingo, 21 de junho de 2015

Drag queen dubla Anitta em concurso que vai eleger rainha da Virada Cultural 11ª edição do evento terá Batalha de Drag Queens no palco Cabaret, no Largo do Arouche Felipe Abílio / UOL 20 Jun de 2015 - 20:59

Drag queens aguardam no camarim o início do concurso que vai eleger a rainha da Virada no palco Cabaret


A Virada Cultural 2015 traz em sua 11ª edição a Batalha de Drag Queens no palco Cabaret, no Largo do Arouche, região central de São Paulo. Com brilho, plumas e música na ponta da língua, todas participantes devem subir ao palco para mostrar a perfomance do artista escolhido.
Na noite deste sábado (20), a concorrente Delayla Jolie, que chegou do Rio de Janeiro há duas semanas para morar em São Paulo, conversou com a reportagem do UOL e falou sobre a emoção em participar de seu primeiro desafio. "Todo mundo quer a vitória, todo mundo quer ser a rainha da Virada. Eu preparei quatro músicas e vou trocar de roupa quatro vezes. Vai ser uma apresentação bem conceitual, a mais esperada é Anitta".
Quem for considerada a melhor pelos jurados será eleita a rainha da Virada Cultural.
Luisa Marilac foi uma das juradas ao lado da ex-A Fazenda Penélope Nova e comemorou a iniciativa de colocar um show de drags no evento.
"Estou adorando porque só vemos esses shows dentro das boates. Mostrar para o público possibilita que eles vejam as diferenças. Drag é drag, gay é gay e por aí vai. Algumas pessoas acham que é tudo a mesma coisa", explica.
Léo Aquila, apresentadora do palco, também aprovou a ideia da competição.
"Cultura é diversidade e mistura. Esse palco é o que mais sintetiza isso nesta Virada Cultural porque é um palco que prestigia todas as artes. É fantástico mostrar o trabalho desses artistas".
São 16 drags que disputam o posto de rainha da Virada Cultural.