MATANDO A SUA SAUDADE - GRUPO DE AMIGOS

MATANDO A SUA SAUDADE - GRUPO DE AMIGOS
MATANDO A SUA SAUDADCE - GRUPO DE AMIGOS

RÁDIO PALESTINA FM 104,9

rádio palestina fm

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Saiba quanto ganham os principais políticos do Brasil

A presidente da República, Dilma Rousseff, ganha a mesma coisa que os ministros: R$ 26,7 mil brutos.

R7 02/10/2012 14:01 
 
Foto: Divulgação
A presidente da República, Dilma Rousseff, ganha a mesma coisa que os ministros: R$ 26,7 mil brutos.
A presidente da República, Dilma Rousseff, ganha a mesma coisa que os ministros: R$ 26,7 mil brutos.
A Lei de Acesso à Informação entrou em vigor em novembro de 2011 com o objetivo de tornar públicas os dados referentes ao Estado. Com a nova regra, basta visitar os portais da transparência, como o do Executivo Federal — http://www.portaldatransparencia.gov.br, para descobrir os salários dos políticos que nos comandam.

Por exemplo, a presidente da República, Dilma Rousseff, ganha a mesma coisa que os ministros: R$ 26,7 mil brutos.

 
 

Sabrina Sato posa nua com Fernando Torquatto para aniversário de QUEM

Apresentadora fez caras e bocas com o amigo colunista da revista

Quem 02/10/2012 15:18 
 
Sabrina Sato posou nua para um ensaio especial feito para a edição de aniversário de 12 anos da revista QUEM Acontece, que chega às bancas nesta terça-feira (2).
A sessão de fotos foi feita para comemorar a coluna de Fernando Torquatto na revista, que inverteu os papéis e apareceu ao lado da apresentadora - outra veterana da nossa publicação.
Os dois são amigos de longa data e toparam fazer a brincadeira.
Carregada, literalmente, no colo pelo maquiador, Sabrina brincou: "Falei que precisávamos inverter as posições. Sou pesada!".
Já Torquatto afirmou que malhou um pouco mais para a sessão, já que não poderia fazer feio ao lado da musa, conhecida pelo corpão de fazer inveja.
Sabrina Sato (Foto: Fernando Torquatto)
 

 

Policiais federais do Rio de Janeiro decidem manter greve


Categorias decidiram cumprir decisão do STJ de manter percentual mínimo de agentes trabalhando

iG 02/10/2012 15:59 
 
Foto: Agência Brasil
Policiais federais em greve chegaram a fazer manifestação na praia de Copacabana, no Rio

Parados há 55 dias, os policiais federais, papiloscopistas e escrivães da Superintendência da Polícia Federal (PF) no do Rio de Janeiro aprovaram por unanimidade, em assembleia nesta segunda-feira (1), a manutenção da greve por tempo indeterminado.

As três categorias decidiram que cumprirão a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de manter um percentual mínimo de policiais para cumprir os serviços prestados pela PF. Eles também vão respeitar acordo firmado com a presidenta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Cármen Lúcia, de manter as atividades durante as eleições, no próximo domingo (7).
A comissão de greve aguarda, no entanto, que a superintendência informe oficialmente o número de policiais que deverá ser requisitado para trabalhar no período eleitoral. Uma decisão definitiva deverá ser analisada em assembleia, nesta quarta-feira, na sede do Sindicato dos Servidores do Departamento da Polícia Federal no Estado do Rio de Janeiro.
 

Fazendeiro morre e é devorado por porcos nos EUA


Caso é tão estranho que a polícia não descartou nenhuma hipótese

G1 02/10/2012 17:08 
 
Foto: BBC
Porcos pesam cerca de 300 quilos cada um

As autoridades americanas estão investigando a morte de um fazendeiro que foi devorado pelos próprios porcos que criava em seu rancho. Terry Vance Garner, de 70 anos, foi visto pela última vez na quarta-feira (26) da semana passada, quando saiu de casa para alimentar os porcos, em sua propriedade rural no litoral do Estado do Oregon.
Após o desaparecimento, partes de seu corpo e de sua arcada dentária foram encontradas por um parente.
Um promotor do condado de Coos, onde ocorreu o incidente, disse que um dos porcos já havia sido agressivo contra o fazendeiro. Cada porco pesa cerca de 300 kg.
Segundo a rede de TV local KCBY News, os restos do corpo do fazendeiro estão sendo analisados por um legista da Universidade de Oregon para determinar como ele morreu.
A polícia disse à rede de TV que o caso é tão estranho e inusitado, que a polícia abriu uma investigação criminal - não descartando nenhuma hipótese.
"Até onde sabemos, foi um acidente horrível, mas isso é tão estranho que precisamos considerar todas as possibilidades", disse o promotor Paul Frasier ao jornal The Register Guard.
Os investigadores acreditam que existe grande chance de ele ter sofrido um problema de saúde - por exemplo, um infarto - enquanto estava trabalhando em meio aos porcos.
 

Divulgado pôster oficial de ‘Amanhecer – Parte 2?

Yahoo 02/10/2012 17:19 

 

 

Na manhã desta terça-feira, dia 2 de outubro, foi divulgado o pôster oficial do filme que encerrará a franquia da saga "Crepúsculo".  
Será a última chance de ver Edward, Bella e Jacob em tamanho grande, nas telonas.
Olha só:

Download ilegal pode render até 2 anos de prisão ou multa de US$ 25 mil no Japão


Punição é considerada muito pesada e cria discussão sobre abrangência do termo ‘download’

Link / Estadão 02/10/2012 17:35 
 
Foto: Reprodução

SÃO PAULO – O Japão colocou em vigor uma nova lei para combater a pirataria. O alvo da vez são as pessoas que fazem download ilegais.  De acordo com a nova lei a punição, baixar material protegido por direitos autorias pode render dois anos de prisão ou uma multa de 2 milhões de ienes (cerca de U$25 mil).
No país já existia uma punição severa para quem disponibilizava o material pirata. Os uploaders podem ser punidos com até dez anos de prisão e uma multa de dez milhões de ienes (cerca de U$ 128 mil). A lei surge após um lobby da Associação da Indústria Fonográfica Japonesa, mesmo com o crescimento de 70% dos dowloads legais neste ano.
O site Torrent Freak alerta para o texto da lei. Identificar quem disponibiliza material é mais fácil do que saber quem baixa o material. O termo download pode ser generalizado. Até quem assiste um vídeo postado ilegalmente no Youtube pode estar infringindo a nova lei.
A decisão foi seguida por ataques que derrubaram os sites governamentais e também da Associação de Direitos dos Autores, Compositores e Publicadores.
 

Empresário é denunciado por instalar câmera em banheiro feminino

A mulher retirou o aparelho, fez cópias das imagens e denunciou à polícia

O Globo 02/10/2012 17:58 
 
 
Foto: Ilustração
 
 

Um empresário de Juiz de Fora, Minas Gerais, foi denunciado à polícia após colocar uma câmera, em formato de caneta, dentro do banheiro feminino do estabelecimento. De acordo com a polícia, os vídeos foram recuperados no computador do empresário, após a denúncia de uma das mulheres filmadas.
Uma funcionária, desconfiada, filmou o dispositivo que teria sido instalado no teto do banheiro. São mais de duas horas de imagens, com momentos íntimos das funcionárias, como troca de roupa.
A mulher retirou a câmera, fez cópias das imagens e denunciou à polícia.
- Resolvi tirar. Acho que é uma falta de respeito, né? Não sei, mas acho que isso é uma invasão de privacidade. Isso, ele não tem o direito de fazer - contou a funcionária.
Segundo o delegado Carlos Eduardo Rodrigues, a outra funcionária filmada não quis apresentar denúncia contra o patrão.
Rodrigues informou que o empresário confessou ter instalado a câmera no banheiro.
- Ele confirmou que teria colocado a câmera escondida no local, alegando que o alarme da empresa estaria disparando. E ele colocou a câmera para saber o que se tratava por conta do alarme disparar - disse o delegado.
A polícia vai solicitar perícia das imagens e encaminhar um termo circunstanciado de ocorrência para o Juizado Especial Criminal. O dono da empresa não foi encontrado para falar sobre o assunto.
 

Justiça Eleitoral mata liberdade de expressão




Justiça Eleitoral mata liberdade de expressão

Sob o argumento principal de que liberdade tem limites, o juiz da 35ª zona eleitoral, Flávio Saad Peron, de Mato Grosso do Sul, determinou a prisão do representante do Google no Brasil por não ter retirado uma propaganda do site Youtube no prazo estipulado pelo magistrado sob a alegação de ofensa de um candidato ao outro. Não se vai tratar aqui do caso específico, mas da série de decisões pela Justiça Eleitoral por todo o país no mesmo sentido. 
Com um olhar apenas sob este argumento parece ser inquestionável o acerto do magistrado, já que toda decisão judicial deve, em tese, ser cumprida. Ocorre que a discussão deve ser colocada sob o cerne da questão, sobre o chamado bem a ser protegido.
Parece ter se tornado certo modismo proibições de falas e de vídeos nas rádios, televisões e na Internet daquilo que os juízes definem de ataques pessoais ou de tentativa de difamação entre os candidatos. Ainda que toda decisão judicial deva vir acompanhada de fundamentação, seria preciso analisar melhor esses enquadramentos e especialmente se são casos de vedações legais.
Na Bahia foi proibida a exibição da fala do candidato a prefeito Antonio Carlos Magalhães Neto prometendo com clareza insofismável de que daria uma surra no presidente Lula. Haveria agravo se fosse um fato mentiroso, mas não resta dúvida quanto a sua afirmação categórica. Os defensores do candidato alegam que foi em outra época. Nada muda. Suas virtudes relatadas também são de outras épocas e visam angariar votos, já o contrário não pode. Se como deputado ele seria capaz de surrar um presidente da República, seria uma incógnita o que ele poderia fazer com um munícipe que o desagradasse quando prefeito. Não teria o privilégio do pioneirismo, já que todas as TVs exibiram o prefeito recém-eleito Gilberto Kassab xingar e expulsar aos berros um cidadão de um hospital.
Pela lógica do raciocínio dos magistrados, os adversários de José Serra não poderiam exigir a Escritura, registrada em cartório, que dava garantia do cumprimento integral do mandato como prefeito de São Paulo. Saiu na metade. E essa já seguia outra de Antonio Palocci, sempre ele, também não cumprida. Com Marta Suplicy candidata, mesmo em atendimento a um pedido dela, qualquer um que relaxasse e gozasse seria punido. Pela mesma lógica, seria punida toda reprodução sobre a afirmação de Paulo Maluf de que professoras não ganham pouco, são mal casadas. Muito menos se poderia mencionar que ele não pode sair do Brasil sob o risco de captura pela Interpol.
Do governo de Fernando Henrique Cardoso seriam proibidas também as afirmações de Rubens Ricúpero de que só se deve mostrar as boas ações e esconder as ruins; a de ex-ministro de FHC Luiz Carlos Mendonça de Barros ao mencionar que estavam transpondo o limite da irresponsabilidade, quando o governo era acusado de direcionar uma das privatizações para um determinado grupo de empresários.
Das mais recentes, nunca poderiam ser reexibidas as cenas dos deputados distritais e do ex-governador arrumando a enfiar dinheiro por todo canto do corpo. Nem se cogite mencionar a mansão de Palocci em Brasília - de novo, ele – de sua riqueza multiplicada por 20 em quatro anos.
Precisa-se estabelecer outros parâmetros para definir ofensa à honra, ou quando os ataques caracterizam difamação. Nos exemplos citados a gravidade estaria no conteúdo do que disseram seus protagonistas e a reprodução é parte inerente de apontar as condutas e personalidades dos envolvidos. Como age a Justiça Eleitoral hoje, só as vantagens podem ser retratadas, ainda que inverídicas, já o lado negativo não pode integrar as campanhas eleitorais. É hora de repensar esse modelo de atuação jurídica de mão única. Assim o Poder Judiciário, a pretexto de combater, comete abusos, mata o direito à liberdade de expressão, além de se tornar o protetor-mor dos maus administradores públicos, já que seus passados comprometedores não podem ser relembrados.

Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP
    Bacharel em direito

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

STF inicia julgamento de Dirceu, Delúbio e Genoino


Julgamento completa nesta segunda-feira dois meses com a realização da 30ª sessão

Estadão 01/10/2012 09:56 
 
Foto: Gérvasio Baptista/STF
Julgamento completa dois meses e entra em sua 30ª sessão

Os réus acusados de comprar o apoio político de parlamentares no Congresso, entre eles o ex-ministro José Dirceu, começam a ser julgados nesta semana pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A Corte vai concluir nesta segunda-feira a análise da conduta dos réus ligados ao PP, PTB, PMDB e PL (atual PR) e a tendência é que na quarta-feira (3) o ministro relator do caso, Joaquim Barbosa, comece a apontar quem considera culpado pela compra dos votos, em cuja fatia está Dirceu.
O julgamento completa nesta segunda-feira dois meses com a realização da 30.ª sessão. O ministro Dias Toffoli vai concluir seu voto sobre os beneficiários do valerioduto e, na sequência, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e o presidente da Corte, Carlos Ayres Britto irão se pronunciar. Como nesta etapa do fatiamento existem 13 réus, a definição sobre o tema deve tomar toda a sessão.
A próxima questão a ser respondida pelos magistrados é quem foram os responsáveis pela compra de apoio político. Além de José Dirceu, são acusados de corrupção ativa o ex-presidente do PT José Genoino, o ex-tesoureiro Delúbio Soares, o ex-ministro dos Transportes Anderson Adauto (PMDB), o publicitário Marcos Valério e seus ex-sócios, Ramon Hollerbach e Cristiano Paz, o ex-advogado das agências, Rogério Tolentino, e as funcionárias da SMPB Simone Vasconcellos e Geiza Dias.
Barbosa vai construir seu voto destacando a ascendência de Dirceu sobre o grupo. Vai demonstrar o papel do ex-ministro na montagem da base de apoio ao governo Lula e sua posição de superioridade em relação aos dirigentes petistas. Destacará os encontros mantidos por Dirceu com outros réus envolvidos na engenharia financeira, como Valério e a cúpula do Rural, a ex-presidente Kátia Rabello e o ex-vice José Roberto Salgado, todos já condenados em outros capítulos.
O relator vai sustentar que Dirceu e o núcleo político se associaram a Valério e ao Rural para usar na compra de apoio o mecanismo de distribuição de dinheiro já implementado no mensalão mineiro, como é chamado o escândalo relativo à campanha à reeleição de Eduardo Azeredo (PSDB) ao governo de Minas em 1998.
 

Joyce Pinheiro faz topless dentro da piscina em novo clipe de Latino


Latinete exibiu corpão sarado durante a gravação do clipe 'Despedida de Solteiro'.

Ego 01/10/2012 11:42 
 
 
Joyce Pinheiro exibiu ser corpão sarado durante a gravação do clipe "Despedida de Solteiro", do cantor Latino.
As gravações aconteceram no último final de semana em Florianópolis.

Em algumas cenas a latinete aparecerá de topless seguindo a letra da música, que diz: " As latinetes de topless e de bumbum pra lua ..."

Latinete Joyce Pinheiro (Foto: Divulgação) 
Latinete Joyce Pinheiro (Foto: Divulgação)
Latinete Joyce Pinheiro (Foto: Divulgação)
Latinete Joyce Pinheiro (Foto: Divulgação)
 
 

Filha de Silvio Santos publica a última foto de Hebe Camargo

Daniela Beyruti postou a imagem no dia em que a apresentadora renovou seu contrato com o SBT.

Ego 01/10/2012 11:49 
 
Daniela Beyruti, filha mais velha de Silvio Santos e diretora executiva artística de programação do SBT, postou uma foto com Hebe Camargo tirada há 15 dias, quando a apresentadora revonou seu contrato com a emissora paulista.
A artista morreu na madrugada de sábado, 29, vítima de uma parada cardíaca.
Desde 2010 Hebe lutava contra câncer no peritônio (membrana que reveste os órgãos da região abdominal) e desde então lutava contra a doença.
Hebe e Daniela Beyruti (Foto: Instagram/Reprodução) 
Hebe e Daniela Beyruti (Foto: Instagram/Reprodução)
 
 
 

Mulher Melancia apresenta irmão sarado: ‘A mulherada cai matando’


Hugo Soares, de 24 anos, agora se apresenta como DJ e faz número sem camisa nos shows da irmã famosa.

Ego 01/10/2012 11:58 
 
A família Melancia está crescendo. Depois de Andressa Soares, a funkeira que ficou famosa por causa do bumbum de 121 cm – atualmente ele mede 114cm -, vem aí Hugo Soares, irmão da funkeira que começou a se apresentar com ela e que vem deixando a mulherada em polvorosa nos bailes funks.

Hugo, que é analista de sistemas, caiu na vida artística por acaso. Há dois anos, ele foi convidado pela irmã para atuar em seus shows como DJ. Fez curso e topou a empreitada justamente por poder ficar quietinho em um canto só tocando – sim, o moço é tímido!

Mas há cerca de dois meses, quando Mulher Melancia teve que se apresentar em uma boate cujo palco era pequeno, Hugo ficou em primeiro plano com a irmã. Foi o suficiente para que as mulheres presentes ao show pedissem para que ele dançasse e tirasse a camisa. Andressa curtiu a ideia, incentivou e lá se foi Hugo rebolar no meio do palco.

“Viram ele no show, fez sucesso e agora já até me chamam de cunhada. A mulherada fica louca, cai matando”, diz Melancia, rindo e já fazendo planos para o irmão. Além de colocá-lo para dançar, ela pretende lançar uma carreira de cantor no mundo funk para ele. Enquanto isso não acontece, Andressa marca em cima na malhação do irmão.

Mulher Melancia e o irmão (Foto: Marcos Serra Lima / EGO) 
Mulher Melancia e o irmão, Hugo: ela quer que ele faça carreira no mundo funk (Marcos Serra Lima / EGO)
Mulher Melancia e o irmão (Foto: Marcos Serra Lima / EGO) 
Com o olhar de empresária, ela marca juntinho a
rotina de Hugo, inclusive na malhação

“Tive que aumentar a minha carga na malhação para ficar com o corpo sarado. Sempre malhei, mas agora tenho um cuidado maior com o braço e o peitoral. Além disso, é bom ficar forte para segurar a mulherada que me agarra, arranha e até morde”, diz Hugo que também não escapa do assédio gay.

Hugo conta que nunca teve ciúmes da irmã. Ou melhor, só tinha quando ela não era famosa. “Quando ela dançava em banda de axé é que era complicado, era muita gente em cima. Agora é mais tranquilo. Os caras respeitam mais”, diz.

Já Melancia breca sua porção empresária quando o assunto é a possibilidade de Hugo ser chamado para mostrar o corpinho em uma revista gay. “Aí, não! Pode dançar, cantar, tirar a camisa, mas posar nu, não, né? Já está bom assim”, diz ela que, no entanto, já posou nua cinco vezes.


O rapaz é irmão da funkeira e foi descoberto por acaso, durante um show, em que foi chamado para dançar a fez sucesso


Xororó pede netos a Sandy: 'Ela já está enrolando demais'

Holofote 01/10/2012 12:24 

 
 
 

Gente, quando o próprio pai começa a fazer pressão, é melhor obedecer.
Casados há quatro anos, Lucas Lima e Sandy ainda não encomendaram o primeiro baby. É aquela velha história de "primeiro se dedicar à carreira e tals".
Mas segundo o EGO, Xororó não se conforma com a demora e está louco pra ser vovô:
- A gente fala que ela já está enrolando demais.
Poderíamos aproveitar o chororô do Xororó (dã) e criar uma campanha: "Abre a porta, Mariquinha! Dá logo um netinho pro Xororó!"
http://i2.r7.com/xororóesandy-g-20101021.jpg
 


Christina Aguilera desabafa: 'Sou gorda, superem'

Holofote 01/10/2012 12:32 

 

 
 
 
Não é de hoje que Christina Aguilera exibe váááários quilinhos a mais.
A fofa (literalmente) deu uma inflada legal nos últimos anos, mas revelou que não liga pra isso.
De acordo com a Quem, a cantora contou em entrevista à Billboard:
- Eu sou de descendência equatoriana, mas as pessoas querem que eu seja magra, loira de olhos azuis.
Oi? Mas se não me falha a memória ela já foi "magra, loira e de olhos azuis"...


XTina desabafa que chegou a levar bronca de empresários quando começou a engordar:
- Eles convocaram uma reunião de emergência para falar do meu peso. Basicamente, disseram que se eu ficasse gorda, várias pessoas seriam prejudicadas, incluindo minha produção e diretores musicais.
Mas ela não se intimidou com as críticas e rebateu:
- Eu disse para eles: "Sou gorda, superem". Às vezes eles precisam ser lembrados que não mandam no meu corpo.
Tá de parabéns, Chris! Mulher bem resolvida é assim, podem avacalhar, criticar, que ela não dá a mínima.
Eu também vivo dizendo pros meus fãs: "Sou linda, superem". :lol:

 
 
 

Disputa em Maceió ameaça planos do senador Fernando Collor


Rui Palmeira (PSDB) pode vencer no 1º turno e derrotar a aliança que reúne velhos caciques da ‘República de Alagoas’

Estadão 01/10/2012 12:56 
 
Foto: Estadão
Pesquisas indicam derrota de Lessa, o escolhido de Collor

Vinte anos depois do processo de impeachment que o tirou do poder, o ex-presidente Fernando Collor está junto de velhos aliados da República de Alagoas, como o senador Renan Calheiros (PMDB), o deputado usineiro João Lyra (PTB) e o prefeito de Maceió, Cícero Almeida (PSD), tentando emplacar o ex-governador Ronaldo Lessa (PDT) – um ex-adversário de Collor – na prefeitura da capital alagoana. As pesquisas de intenção de voto, contudo, indicam que o eleitor está dizendo não à aliança collorida e atrapalhando o futuro político dos quatro caciques.
Com 48% das intenções de voto, conforme a última pesquisa Ibope, o deputado federal Rui Palmeira (PSDB) lidera disparado a corrida eleitoral e tem chance de ganhar ainda no primeiro turno. Ele conta com o apoio do pai, o ex-senador e ex-ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Guilherme Palmeira e do governador Teotônio Vilela (PSDB). O fenômeno Rui é curioso porque ele não herdou a rejeição de Vilela, seu principal apoiador. Já o prefeito Cícero Almeida, que terminou o mandato com 70% de popularidade, não tem conseguido transferir votos para o afilhado Lessa.
Outros cinco candidatos correm por fora, sem chance de pontuar o suficiente para alterar os rumos da eleição. Com 36 anos, educado e carismático, Rui é egresso também de uma linhagem tradicional na política alagoana, que lhe rendeu o rótulo de representante de oligarquia. É neto do senador Rui Palmeira, líder da UDN na década de 1950 e sobrinho do ex-deputado Vladimir Palmeira (PT), líder estudantil e exilado político da ditadura militar. Ele começou a carreira aos 30 anos, eleito deputado estadual com o apoio do clã, mas logo começou a construir uma imagem própria.
"Tenho vida própria e penso diferente do meu pai e tio, mas tenho orgulho dessa história política familiar, nunca ligada a escândalos e corrupção", disse ele ao Estado. Quanto ao futuro, sonha grande e tem como meta o governo estadual, mas não tira os pés do chão. "A luta agora é para a prefeitura, pretendo não descuidar e, se possível, vencer no primeiro turno".
Enquanto o ciclo da renovação anda, os velhos caciques se empenham para sobreviver. No caso de Collor, o futuro político depende do desempenho dos candidatos que ele apoia no pleito municipal em redutos estratégicos, sobretudo em Maceió e Arapiraca. Ele já perdeu a última eleição para governador, em 2010, e uma derrota dos seus aliados agora pode significar o fim do sonho de reconquistar o poder absoluto que desfrutava como chefe de um dos clãs políticos mais importantes do Estado.
Musa
As pesquisas são desfavoráveis a Collor não só em Maceió, mas em vários colégios eleitorais. Como Atalaia, onde ele perde uma disputa doméstica para o sobrinho Fernando Collor Lyra, filho de Pedro Collor com Thereza Lyra. Morto em 1994 com um tumor no cérebro, Pedro é o irmão desafeto que desencadeou a série de denúncias de corrupção que provocaram o impeachment em 1992. Bela e aguerrida na defesa do marido, Thereza, que é filha de João Lyra, ficou conhecida como a musa do impeachment.
Fernando Lyra (foi esse o nome político que adotou) é candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo ex-prefeito Zé do Pedrinho (PSD), com apoio do avô, que aposta no neto como herdeiro político da família. Ele tem também o valioso apoio da mãe, que abriu espaço na sua agenda de empresária em São Paulo para fazer incursões em Atalaia, a 60 quilômetros de Maceió, e pedir votos para a chapa do filho.
Como uma estrela de TV, sua presença nos palanques atrai multidões aos comícios. Ela é assediada pelos eleitores, que disputam fotos, autógrafos ou um simples aperto de mão. "Por onde ela passa é como um tsunami, faz um arrastão", relata, entusiasmado, o coordenador da campanha da chapa, Augusto Machado. "Se eu não acreditasse no trabalho do meu filho, garanto que não estaria aqui falando para vocês", disse ela em discurso no último comício.
Com 28 anos, formado em economia na Suiça, Fernando dirige a usina Uruba, do avô, a maior empregadora da região. Mas a empresa passa por problemas financeiros e sofre processo de falência. Ele disse que a disputa é um teste para voos mais altos no futuro. Collor, o tio famoso, está engajado na campanha do adversário do sobrinho, Manoel Oliveira (PTB), que patina nas pesquisas, mesmo apoiado pelo atual prefeito, Chico Vigário (PTB).
Tio e sobrinho, todavia, fizeram um pacto de não agressão para não jogar mais combustível na fogueira que dividiu a família há 20 anos.
 

Serasa lança serviço gratuito para consumidor limpar o nome com desconto


Por meio do serviço Limpa Nome, no site da Serasa Experian, empresas oferecerão vantagens e condições especiais de pagamento para o consumidor quitar dívidas sem sair de casa

Agora MS 01/10/2012 13:46 
 
 
Foto: Divulgação
Serasa 
 
 
A Serasa Experian lança hoje um novo serviço gratuito, o Limpa Nome, que vai usar a internet para facilitar a comunicação entre consumidores com pendências financeiras em atraso e empresa credora, e mudar o processo de recuperação de crédito em todo o Brasil.
A partir de agora, empresas poderão oferecer pelo Limpa Nome, no site da Serasa Experian, descontos na dívida, condições de pagamento diferenciadas e até o boleto para o pagamento. Essas condições serão de total responsabilidade da credora _ a Serasa Experian apenas possibilitará a comunicação entre quem quer pagar e quem quer receber.
Assim, o devedor poderá resolver pendências financeiras aproveitando a praticidade e as facilidades da internet.
Os consumidores que possuírem dívidas em atraso com empresas que aderirem ao ambiente eletrônico vão receber da Serasa Experian cartas com aviso de negativação, contendo uma senha. Com ela e o número de seu CPF, o consumidor entrará no site da Serasa Experian e terá acesso à sua dívida e às condições oferecidas pela empresa com a qual contraiu o crédito.
Se optar pela proposta do credor, o consumidor só terá de imprimir o boleto e fazer o pagamento diretamente à empresa credora. Caso contrário, poderá entrar em contato com ela e negociar. Para isso, o site conterá com todos os canais de relacionamento da credora, evitando os intermediários.
Pesquisas da Serasa Experian indicam que a maior parte das regularizações acontece entre o envio da carta, encaminhada ao consumidor antes do nome entrar na base de inadimplentes, com o aviso da pendência e a negativação do consumidor. A maioria deseja recuperar o crédito, mas um dos principais entraves para isso é justamente a comunicação com a empresa credora.
“O objetivo do Limpa Nome on-line é aproximar as empresas e os consumidores. A internet vai proporcionar mais facilidade para o cliente, e as credoras poderão oferecer melhores condições de pagamento“, afirma Ricardo Loureiro, presidente da Serasa Experian e da Experian América Latina.
“O Feirão Limpa Nome, que a Serasa Experian realizou no final de julho, mostrou-se um movimento importante, pois evidencia a importância do nome limpo. O crédito alavanca a economia e a inadimplência sufoca, compromete o crescimento e atrapalha o sono do brasileiro. O feirão e este novo serviço beneficiarão milhares de famílias. Há uma conjuntura muito propícia à aproximação entre quem está devendo e quer pagar e quem está com débitos em haver e quer receber. Entendemos que este é o momento de incentivar esse processo, com foco na renegociação”, afirmou Ricardo Loureiro.
No lançamento do novo serviço, quatro empresas, entre grandes bancos e redes varejistas, já oferecerão condições de pagamento diferenciadas pelo Limpa Nome.
Segurança.  Outro ponto importante é a segurança no acesso ao site, desenvolvido em ambiente protegido, que garante a proteção de todos os dados do consumidor. Assim, quem não tiver internet em casa poderá usar qualquer computador ou lan house para entrar no site da Serasa Experian.
 
 

Rede TV! faz sensacionalismo com a morte de Hebe

Fabíola Reipert / R7 01/10/2012 14:09 

 

 
 
 
 
Nesses 13 anos que trabalho na área de televisão e celebridades nunca vi uma famosa como Hebe Camargo.
Simples, espontânea e humilde, a melhor apresentadora da TV brasileira vai deixar saudade. Ela não precisava de nenhum falso artifício para brilhar. Brilhava por si só, pelo seu talento e competência. Não copiava ninguém.
Nunca armou um flagra, não vendeu gravidez para nenhuma revista, não surgiu com novo namorado (mesmo sem gostar dele) só para aparecer em castelo ou na capa de jornais, sites etc
Ela realmente não precisava disso. Nem queria.
No final de sua vida, depois de tantos anos de uma carreira brilhante, acabou caindo na armadilha da Rede TV!. Teve a infelicidade de encerrar seu belo trabalho lá...
A emissora, que só por ter sua presença já deveria soltar fogos, deu-lhe em troca alguns meses de salários atrasados, coisa que ela não perdoou, pois sabia que dinheiro ali não falta (a não ser para o cumprimento das obrigações...).
Depois dessa tempestade toda, Silvio Santos a recebeu de volta. Mas não deu tempo...
Na tarde deste sábado, dia da morte de Hebe, a Rede TV! não perdeu a oportunidade de ser sensacionalista. Gilberto Barros abriu seu programa desligando o microfone que ela usava. Guardou-o na caixa e disse que o mesmo estava sendo aposentado... Uma forma meio grosseira de dizer adeus.
Mas, para alguns o que importam são uns pontos a mais no Ibope, coisa que nem isso tem rolado ali...
hebe agnews 1024x682 Hebe vai deixar saudade; Rede TV! faz sensacionalismo com a morte dela
Hebe simplesmente era a melhor (AgNews)
 
 

Homem faz jovem de escrava sexual com ajuda da esposa


O casal se declarou inocente, e o julgamento deve começar em fevereiro de 2013

R7.com 01/10/2012 14:51 
 
 
Foto: AP
Ed Bagley é acusado de torturar a jovem e a oferecer para que outros homens a estuprassem e torturassem 
 
 
Um homem é acusado de fazer uma jovem de escrava sexual por sete anos com a ajuda da mulher, em Lebanon, no Estado americano do Missouri. Ed Bagley, 45 anos, manteve a mulher em cativeiro e a usava para ganhar dinheiro com fotos eróticas na internet, além de forçá-la a trabalhar como stripper em boates. A esposa dele, Marilyn Bagley, 47 anos, é acusada de cinco crimes, incluindo tráfico sexual e tráfico de trabalho forçado.
O casal se declarou inocente, e o julgamento deve começar em fevereiro. Os promotores afirmam que o homem, conhecido como "Master Ed", torturou a vítima e a ofereceu para que outros homens a estuprassem e torturassem em seu trailer. Quatro homens que admitiram terem visitado Bagley para assistir ou participar das sessões de violência já se declararam culpados.
O caso foi descoberto em 2009, depois que a vítima, então com 23 anos, foi hospitalizada após o que os promotores afirmaram ter sido uma sessão de tortura. A promotora Beth Phillips definiu o caso como "o mais horrível já julgado neste distrito".
Acusação polêmica
Os promotores levantaram uma polêmica ao anunciar que pretendem utilizar como prova do histórico de Ed Bagley a relação sexual violenta - porém consensual - entre ele e a esposa. "A 'concessão' de Marilyn Bagley aos ataques sexuais não muda o fato de que, legalmente, os atos constituem crime ou não", disse um documento oficial da promotoria. "Segundo o estatuto oficial de Missouri (...), concessão não é uma defesa para um ataque que resulte em ferimentos graves".
A polêmica envolve a preocupação de que isso abriria precedentes para acusar pessoas que praticam sadomasoquismo e outras formas de relação sexual violenta. "Nós estamos acompanhando esse caso especificamente porque esperamos que esse problema não apareça", disse Susan Wright, fundadora da unidade de Baltimore da Coalizão Nacional para Liberdade Sexual.
 

Google passa Microsoft e se torna 2ª maior empresa no setor de tecnologia


Empresa alcançou valor de mercado de US$ 249,2 bilhões nesta segunda-feira

G1 01/10/2012 16:32 
 
 
Foto: Divulgação
 
 
 
O Google ultrapassou a Microsoft em valor de mercado e se tornou a segunda empresa de capital aberto mais valiosa do mundo do setor de tecnologia. Por volta das 12h (horário de Brasília), as ações do Google subiam 0,7%, levando o valor da empresa a US$ 249,2 bilhões. Já os papeis da Microsoft tinham queda de 0,3% – e o valor de mercado da companhia era de US$ 248,7 bilhões.
Apenas a Apple – a empresa de capital aberto mais valiosa do mundo, a US$ 632,9 bilhões – supera o Google entre as companhias do setor de tecnologia. Segundo a agência de notícias "Bloomberg", a Apple ultrapassou a Microsoft em valor de mercado em 2010, puxada pela alta das vendas de iPhones e iPads.
 

Garota de 14 anos esconde gravidez dos pais e estrangula recém-nascido


Adolescente americana teve o bebê no banheiro de casa; ela é acusada de assassinato

R7 01/10/2012 18:14 
 
Foto: Divulgação
Os investigadores ainda estão decidindo se ela vai responder pelo crime como um adulto
Uma adolescente de 14 anos está sendo acusada de estrangular seu filho recém-nascido, na Flórida, nos EUA, no último dia 19. Cassidy Goodson teria escondido a gravidez dos pais, e estrangulado o bebê assim que ele nasceu, no banheiro de casa.
As informações são do jornal americano New York Daily News.
O filho de Cassidy nasceu com 4.3 kg e 51 cm. Ela teria colocado uma toalha em sua própria boca para que seus pais não escutassem qualquer barulho.
Após a morte do recém-nascido, a jovem escondeu o corpo do bebê em uma caixa com roupas sujas, informaram as autoridades locais.
Após três dias, a mãe da adolescente, Teresa Goodson, notou um cheiro estranho no quarto de Cassidy e encontrou os restos do bebê.
Os investigadores ainda estão decidindo se ela vai responder pelo crime como um adulto.
"O bebê ainda estava ligado a Cassidy pelo cordão umbilical quando ela o sufocou até a morte", contou o xerife Grady Judd em uma coletiva de imprensa.
Cassidy teria apertado o pescoço do recém-nascido por cerca de um minuto, até ter certeza de que ele havia parado de respirar.
Para evitar que os pais desconfiassem da gravidez, ela usava roupas largas.
Ainda não se sabe a identidade do pai da criança.